Se você pensa que HIV e AIDS tem remédio, "tem sim", entretanto "é para o resto de sua vida".

HIV - FASE AGUDA / ASSINTOMÁTICA / SINTOMÁTICA / AIDS



Infecção(fase) aguda : A infecção aguda, também chamada de síndrome da infecção retroviral aguda ou infecção primária, ocorre em cerca de 50% a 90% dos pacientes. Seu diagnóstico é pouco realizado, devido ao baixo índice de suspeição, sendo, em sua maioria, retrospectivo. O tempo entre a exposição e os sintomas é de cinco a 30 dias. Os sintomas aparecem durante o pico da viremia e da atividade imunológica. As manifestações clínicas podem variar desde quadro gripal até uma síndrome que se assemelha à mononucleose. Além de sintomas de infecção viral, tais como: febre, adenopatia, faringite, mialgia, artralgia, rash cutâneo maculopapular eritematoso, ulcerações muco-cutâneas envolvendo mucosa oral, esôfago e genitália, hiporexia, adinamia, cefaleia, fotofobia, hepatoesplenomegalia, perda de peso, náuseas e vômitos. Os pacientes podem apresentar, ainda, candidíase oral, neuropatia periférica, meningoencefalite asséptica e síndrome de Guillain-Barré. Os achados laboratoriais inespecíficos são transitórios e incluem: linfopenia seguida de linfocitose, presença de linfócitos atípicos, plaquetopenia e elevação sérica das enzimas hepáticas. Os sintomas duram, em média, 14 dias, sendo o quadro clínico autolimitado.

Fase assintomática : Na infecção precoce pelo HIV o estado clínico básico é mínimo ou inexistente. Alguns pacientes podem apresentar uma linfoadenopatia generalizada persistente, "flutuante" e indolor. Portanto, a abordagem clínica nestes indivíduos, no início de seu seguimento, prende-se a uma história clínica prévia, investigando condições de base como hipertensão arterial sistêmica, diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), doenças hepáticas, renais, pulmonares, intestinais, doenças sexualmente transmissíveis, tuberculose e outras doenças endêmicas, doenças psiquiátricas, uso prévio ou atual de medicamentos. Histórico familiar, hábitos de vida, como também uma avaliação do perfil emocional e psicossocial do paciente, seu nível de entendimento e orientação sobre a doença são extremamente importantes. No que diz respeito à avaliação laboratorial nesta fase, uma ampla variedade de alterações podem estar presentes. Alguns exames laboratoriais podem auxiliar em um melhor diagnóstico e prognóstico: hemograma completo, níveis bioquímicos (funções hepática e renal, desidrogenase lática, amilase), sorologia para sífilis, sorologia para os vírus da hepatite, sorologia para toxoplasmose, sorologia para citomegalovírus e herpes, radiografia de tórax, PPD (derivado protéico purificado), Papanicolaou, perfil imunológico e carga viral.

Fase sintomática inicial : Nesta fase, o portador da infecção pelo HIV pode apresentar sinais e sintomas inespecíficos e de intensidade variável, além de processos oportunistas de menor gravidade, principalmente em pele e mucosas, como sudorese noturna podendo ou não vir acompanhada de febre; fadiga; emagrecimento; trombocitopenia.

Processos oportunistas mais comuns na fase sintomática inicial : Candidíase oral e vaginal; leucoplasia pilosa oral; gengivite; úlceras aftosas; diarréia; sinusopatias(sinusites e outras sinusopatias); herpes simples; herpes Zoster.

Aids : É a fase do espectro da infecção pelo HIV em que se instalam as doenças oportunistas, que são as doenças que se desenvolvem em decorrência de uma alteração imunitária do hospedeiro. Estas são geralmente de origem infecciosa, porém várias neoplasias também podem ser consideradas oportunistas. As doenças oportunistas associadas à Aids são várias, podendo ser causadas por vírus, bactérias, protozoários, fungos e certas neoplasias :

Vírus : Citomegalovirose, Herpes simples, Leucoencafalopatia Multifocal Progressiva.

Bactérias : Micobacterioses (tuberculose e complexo Mycobacterium avium-intracellulare), Pneumonias (S. pneumoniae), Salmonelose.

Fungos : Pneumocistose, Candidíase, Criptococose, Histoplasmose.

Protozoários : Toxoplasmose, Criptosporidiose, Isosporíase.

Neoplasias : Sarcoma de Kaposi, linfomas não-Hodgkin, neoplasias intra-epiteliais anal e cervical. É importante assinalar que o câncer de colo do útero compõe o elenco de doenças que pontuam a definição de caso de Aids em mulher.


FONTE:  MINISTÉRIO DA SAÚDE
 

193 comentários:

ETAS disse...

ACHEI ÓTIMO TEU ARTIGO SOBRE HIV, TRABALHO COM AJUDA AOS PORTADORES COM TERAPIAS DE EQUILIBRIO E AUTO AJUDA, PRECISAMOS CADA VEZ MAIS AJUDAR AS PESSOAS ENCONTRAREM EQUILIBRIO EMOCIONAL, PARA QUE O SISTEMA IMUNOLOGICO, NÃO SOFRA AS CONSEQUENCIAS , COM A BAIXA DAS CELULAS CD4. LINDO BLOG, PARABENS! MAGDA MACIEL

Alexandre disse...

MAGDA, obrigado pela sua visita e pelas palavras de incentivo. Através deste espaço tenho tentado informar, orientar e até acalmar as pessoas, para quem sabe num futuro próximo conseguirmos ter uma população mais esclarecida e principalmente conscientizada.
Um grande abraço,

Alexandre

Anônimo disse...

Olá, meu nome é rafaela, faço faculdade de Enfermagem; achei sua matéria maravilhosa, bastante esclarecedora e informativa, tanto a nível técnico como popular o que é mais importante!!!
Não sou muito fã de internet só uso quando não tem outro jeito, por exemplo agora estava estudando para prova de microbiologia e achei seu blog, gostei tanto que achei que valia a pena comentar!!! bjus e fica com Deus!!!

Alexandre disse...

Oi Rafaela, tenho tentado fazer deste espaço um local para concentrar o maior número de informações a respeito, principalmente de hiv/aids/dst/drogas, de uma maneira que todos possam entender e sem esconder nada, claro e sempre com a ajuda 'de quem entende do assunto'!
As suas palavras me fazem entender que estou no caminho certo, e me incentiva a continuar na 'luta'. Obrigado pela visita e pelo apoio.
Um grande abraço.

Alexandre

GRA disse...

Ola dr!!
Faz mais de um ano de tenho diarreia,e em janeiro do ano passado descobrir que estava com pedra na vissicula.E em novembro eu operei,e continuo com diarreia!
Essa diarreia pode ser por causa da vissicula?Nao tenho outros sintomas,apenas ah diarreia.Tem dias que nao sao muito liquidas,sao mais pastosas!!
Estou pensando tantas besteiras,me ajude por favor!
Tbm tenho gastrite..No resto tudo bem,nao tenho outros sintomas.

DESDE JAH AGRADEÇO..

Alexandre disse...

Boa tarde GRA...eu já tinha lhe respondo anteriormente e lhe disse que EU NÃO SOU MÉDICO, como está claro aqui mesmo neste formulário (ACIMA). Eu sugeri que você faça uma consulta PESSOAL COM UM(A) MÉDICO(A), que pode ser um clínico geral, para diagnosticar o que você pode ter, e se for o caso lhe encaminhar a um especialista específico, ok.

Abraços,

Alexandre

Anônimo disse...

Boa tarde Alexandre,

bom, tive vários dos sintomas da fase aguda do HIV após uns contatos de risco que eu tive. Enfim, transei com uma meninas nas seguintes datas:
26/03
03/04
14/04
19/04

após começar a ter alguns sintomas, fui fazer os testes, fiz 3 testes:

25/05 - Amostra não reagente para HIV
14/06 - Amostra não reagente para HIV
12/07 - Amostra não reagente para HIV
Método: Eletroquimioluminescência

O que você acha?
Agora estão me saindo na boca, algumas bolinhas que parecem sapinho.

Obrigado pela ajuda!!!
Mauricio

Alexandre disse...

Mauricio, suponho que a ultima relação SEM CAMISINHA você fez em 19/04, ok?
Você realizou 03 testes e o ultimo após 3 meses da ULTIMA RELAÇÃO DESPROTEGIDA...TODOS NEGATIVOS.
Portanto se neste período você NÃO TRANSOU NOVAMENTE SEM CAMISINHA, HIV VOCÊ NÃO TEM!
Sapinho, bolinhas, pode ser indício de alguma DST ou não.
Você nesse período se preocupou com as DST, que também são transmitidas pelo sexo desprotegido?
Se não, consulte-se com um urologista para ser examinado, descartá-las ou tratá-las, ok?

Abraços.

Anônimo disse...

Eu de novo! Em maio, não sei dizer a data correta, transei sem camisinha, mas com uma pessoa que com certeza não tem HIV. Isso poderia interferir?
Ah, detalhe! Todos os testes que fiz são de 4ª geração.
Desculpe te incomodar, mas acompanho o teu blog e vejo que você entende e ajuda as pessoas.

Mauricio

Alexandre disse...

Maurício, então agora são 02 meses após a ultima relação desprotegida ok?
Mesmo assim os seus testes são totalmente confiáveis para o HIV...NÃO ESQUEÇA DAS DST!!!
Sendo muito franco com você, está na hora de parar de brincar de 'roleta russa e transar sem camisinha', pois uma hora dessas a 'sorte' pode mudar!
Outra coisa, se você tivesse certeza absoluta que esta ultima pessoa não tem hiv, não perguntaria, afinal NÃO É POSSIVEL VOCÊ OU QUALQUER PESSOA SABER DISSO, SOMENTE O TESTE COMPROVA.
Lembre-se também que você está preocupado com o comportamento das pessoas, porém o seu comportamento é igual o delas, ou seja, TODOS estão transando sem camisinha...É HORA DE SE PREVENIR PARA NÃO SOFRER CONSEQUÊNCIAS DESAGRADÁVEIS!!!

Abraços.

Anônimo disse...

Alexandre,

Mas supondo que esta outra pessoa com certeza não tenha HIV, como você disse não se pode ter certeza, ok, mas supondo que com certeza não tenha, posso considerar os 84 dias?
Aproveitando que você tocou neste assunto, SEM CAMISINHA, pelo menos para mim, nunca mais. Tanto por contrair alguma DST como por passar DST ou HIV para outra pessoa. Com certeza a consciência bateu para mim com este susto. O que mais falo para todo mundo agora é! USEM CAMISINHA. Parabéns pelo teu trabalho.

Mauricio

Alexandre disse...

Mauricio, eu já lhe respondi...mesmo que essa 'ultima' fosse portadora, seus testes são totalmente confiáveis pelo tempo decorrido...PARA O HIV!

Anônimo disse...

ola, sobre a fase aguda... a candidiase na vagina pode ocorrer na fase aguda do hiv?
obgd.
dinha

Alexandre disse...

Dinha, a candidíase vaginal nada tem a ver com a infecção pelo hiv. Consulte-se com um ginecologista para diagnóstico e tratamento correto.
Um resumo : Candidíase vaginal é uma doença ginecológica causada por fungos, Para você ter uma idéia, de cada dez mulheres, cerca de três têm candidíase vaginal.

Abraços

Anônimo disse...

Alexandre, as sabe me dizer se as doenças auto-imune podem mascarar ou atrapalhar um exame de HIV? se sim quais sãso estas doenças auto-imune?


Senna

Alexandre disse...

Senna, a resposta é sim, 'podem'...repito...'podem' interferir no resultado do teste de hiv, por isso se a pessoa é portadora de alguma e devidamente diagnosticada por um médico, deve ter seu teste monitorado por esse médico.
Leia a postagem "FALSO POSITIVO" para ter uma melhor informação.

Abraços.

Anônimo disse...

BOm dia Alexandre!!!

Tu sabe me dizer mais ou menos, quando a fase sintomática inicial começa? Quanto tempo depois da fase aguda começa a sintomática inicial?

Obrigado!

Paulo

Alexandre disse...

Bom dia Paulo, essa é uma resposta que nem mesmo um médico poderá lhe dar com certeza, pois cada pessoa ou melhor, cada organismo reage de forma diferente a infecção.
Existem pessoas que NÃO passam pela fase aguda (eu, por exemplo), existem pessoas que tem hiv a vários anos e NUNCA entraram na fase sintomática, outras que passaram pela fase sintomática e após um tempo deixaram de ter sintomas(eu de novo como exemplo).
Por ai você vê que não tem um tempo previamente determinado e sempre irá depender da reação do organismo, da saúde no geral, e do estilo de vida de cada pessoa.

Abraços.

Anônimo disse...

Boa tarde Alexandre, tudo bem?

Uma dúvida, aqui neste post diz que algums exames podem ajudar no diagnóstico do HIV. Específicamente o de Toxoplasmose, em que sentido pode ajudar no diagnóstico de HIV?

Alexandre disse...

Boa tarde anônimo, se você atentar esses exames para 'ajudar' não são para diagnosticar o HIV, mas quando a pessoa já está 'comprovadamente' DIAGNOSTICADA COMO PORTADORA, porém sem apresentar 'sintomas' (fase assintomática).
Dessa forma e atravéz de vários exames e testes da saúde no geral, o médico e o paciente terão uma melhor 'visão' se além DO HIV TAMBÉM EXISTEM OUTRAS MOLÉSTIAS, PARA DAR AO MÉDICO COMO DEVE SER FEITO O TRATAMENTO DO HIV E DE OUTRAS POSSÍVEIS INFECÇÕES.
Você está confundindo em 'diagnosticar o hiv' e já estar diagnosticado o hiv'.

Anônimo disse...

Olá Alexandre, tudo bem? Alexandre lembro de ter lido em algum lugar que a fase aguda pode aparecer meses após o contato.Nesse caso então se pode demorar meses , os anticorpos demorarão bastante tempo para aparecer. Essa informação é correta?
Por exemplo:se a fase aguda aparecer no terceiro mês após o contato, os anticorpos só aparecerão após o terceiro mês?Ricardo.

Alexandre disse...

Ricardo, a fase aguda 'normalmente' dura em média 14 dias, 'sómente em casos raros ela pode durar mais tempoo'.
O anticorpo 'ao pé da letra', é uma proteção produzida pelo nosso organismo para defende-lo de 'ataques', dessa forma logo após uma infecção/contaminação ele passa a ser produzido.

Alexandre disse...

Ricardo, a sua pergunta já foi totalmente respondida, me desculpe.

Abraços

Anônimo disse...

Oi Alexandre, gostei muito do teu site, mas eu estou situacao muito psicologica acerca do HIV. No ano passado envolvi me com alguem tive uma relacao desprotegida em agosto do ano passado, depois de dois meses fui fazer uma consulta de genegologia e fiz o exame de HIV e alguns outros e todos deram negativo. Mas no dia 29 de dezembro envolvi me de novo com ele, mas como eu estava para ausentar me do meu pais, no dia 11 de março fiz mais um teste de HIV, mas um teste rapido num centro de aconselhamento, mas, o funcionario disse me k eu ainda estava num periodo de janela. Ja xtou fora do meu pais desde o dia 27 de marco. Mas agora apareceu rash no meu corpo, comecou na coxa, agora espalhou se pela minha xuxa, nas duas, estou a sangrar muito nos dentes, e estou a produzir muito cuspi na boca, sinto muito frio, e estou a transpirar muito na pata do pe, as vezes sinto k estou febril e apareceu me uma afta na boca e depois de 2 dias desapareceu, quando estou a dormir acordo assustada e com dor de cabeca, a 1 mes atraz apareceu me um tresolho no olho esquerdo, e depois uma bola branca na linha do olho, e agora apareceu no outro olho. quando apareceu no primeiro olho pensei que eu tinha feito uma lesao no meu olho por causa do lapis que uso para pintar o olho, mas agora apareceu no outro e desapareceu no mesmo dia. agora quando limpo o meu nariz sai sangue, ou fica com a moca seca quando tiro e o sangue seco.tb apareceu me uma mancha no meu labio superior branquiado, emagrece um pouco, agora nao sei se e de tanto pensar, e de nao dormir bem, quando penso fico sem vontade de comer. fui por causa do rash ele olho e receitou me uma pomada para passar, mas nao mandou me fazer nenhum exame. quero ir a um centro de aconselhamento para fazer o teste, mas estou com muito medo, de ir para la. Mas a cada dia que leio os sintomas na net, fico mas apavorada com isso, nao consigo pensar mas em outra coisa, isso esta a eloquecer me a cada dia k passa, ja nao sei mas o k fazer. Sera que eu apanhei o virus do HIV, preciso de uma ajuda.

Alexandre disse...

Oi Anônima, você consegue perceber que tudo o que está sentindo tem a ver com seu estado psicológico e por achar que está com HIV?
A ajuda que eu posso lhe dar é pedir para que VOCÊ MESMA SE AJUDE, ou seja, a única forma de você sair dessa auto tortura é fazendo o teste de HIV e também exames e testes para descartar as outras DST, pois somente assim você terá as respostas que darão um fim a tudo isso.
Até entendo o seu medo, mas pense bem : VOCÊ ESTÁ CONSEGUINDO VIVER COM ESSA DÚVIDA?
Pelo seu relato fica evidente que não. Portanto acabe com isso de uma vez, antes que o seu emocional entre num estado grave e sem volta.
Em questão de minutos ou dias, você realizando os testes põe um fim a essa tortura que já dura mais de 1 ano.

Anônimo disse...

Paulo Sales,
Gostei do teu site e aproveito para lhe fazer algumas perguntas:
Em junho /10 tive relações desprotegidas após 3 dias da ultima relação começou a queimar o canal da uretra, fui ao uro e pediu vários exames e confirmou uma bacteria do trato anal esterococcus galinarium, mas não fiz sexo anal. Tomei 20 dias de levofloxacino e após ese período apareceu HPV, Herpes e minha temperatura do corpo estava em 37,1 durante 30 dias, após visão ficou turva, cabelo começou a cair e umas bolinas vermelhas no torax e braços, depois de 30 dias uma fraqueza muscular. os médicos diziam que eu desenvolvi hiv psicológico, fiz exames e tidas as vitaminas estão alteradas inclusive o TSH, agora estou com aftas que não passam nasce uma lesão cura e vem outra o que faço?

Alexandre disse...

Paulo, pelo que afirma seu relato, nessas relações ocorreram contaminações por DST, 'diagnosticadas por um médico', portanto você deve seguir as orientações do mesmo e o tratamento por ele prescrito.
Mas ficou uma dúvida...VOCÊ NÃO REALIZOU O TESTE ESPECÍFICO DE HIV?
Se não realizou, deve realizar pois a presença de DST (JÁ CONFIRMADAS PELO MÉDICO) são PORTAS DE ENTRADA que facilitam a contaminação pelo HIV.
Sugiro que você continue com seu tratamento e peça que seu médico faça também o teste, ok.

Abraços

Anônimo disse...

Alexandre, a pessoa que se encontra com HIV em fase de ALTAS CARGAS VIRAIS, apresenta sintomas aparentes,cai de cama, ou consegue levar a vida normalmente sem perceber que esta nessas condições

Alexandre disse...

Anônimo, os sintomas aparentes ocorrem quando uma pessoa soropositiva contrai DOENÇAS OPORTUNISTAS, como herpes zoster, pneumonia, tuberculose, por exemplo. Nesse momento ela deixa de ser apenas portadora do HIV e também passa a ter AIDS.
Geralmente isso acontece quando a carga viral aumenta muito e o cd4 cai EM CONJUNTO, debilitando a imunidade do organismo que fica sem defesa e vulnerável as doenças.
Para um soro+ 'cair de cama', ele tem de estar 'doente'.

Abraços

Anônimo disse...

Boa Tarde!
Alexandre, uma Afta com 34 dias apos a situação de risco, pode ser sintoma da fase aguda!

Alexandre disse...

NÃO! Procure um médico para saber a causa.

Alessandra disse...

Ola Alexandre!!
Assim como muitos, gostaria de parabenizar você pelos esclarecimentos sobre HIV/AIDS que vem fazendo tão grandiosamente neste blog!! É incrivel como ainda exitem tabus, dúvidas e pré conceitos sobre este assunto! Graças a pessoas como vc, podemos desmistificar este assunto! Acredito que muita gente esclarece o assunto por aqui! O que acho mais incrivel é que mesmo com esse "batalhão" de informações ainda existam pessoas que fazem sexo sem proteção, sabendo do risco que correm!Depois ficam feito loucos procurando informações que possam "esfriar" a cabeça, talvez alguma informação que as "tranquilize" pelo simples fato de terem deixado de usar preservativo! Enfim...vai da consciencia de cada um ne?!
Novamente quero dar a vc meus parabéns pelo serviço prestado!!
Desejo a vc um ano novo repleto de felicidades e realizações!! E que continue dando esse apoio sobre este assunto ainda tão temido!
Alessandra!

Alexandre disse...

Alessandra, obrigado pelo seu comentário e pelas palavras de apoio.

Abração!

ana disse...

Boa tarde Alexandre!
Em 22/12/2010 fiz um exame Anti HIV 1/2 Anticorpos, e a conclusão foi AMOSTRA NÃO REAGENTE PARA HIV, isso me faz entender que não sou portadora do vírus, correto?
O que me deixou em dúvida foi um maldito 0,16 que deu no resultado...aparece assim: Anti HIV 1/2-Anticorpos 0,16...indice inferios a 1,00: não reagente! Que diabos quer dizer esse 0,16?
Pode me esclarecer por favor?

Alexandre disse...

Ana, pelo contrário "é um BENDITO cut off(indice)" esse seu 0,16, pois comprova que SEU TESTE É NÃO REAGENTE = NEGATIVO PARA HIV. Veja abaixo a resposta que já dei várias vezes sobre isso:

Mais uma vez peço à todos(as), QUE ESQUEÇAM CUT OFF/REFERÊNCIA/ÍNDICES do teste.

TESTE E EXAMES têm como base a REAÇÃO QUÍMICA, até por isso o nome REAGENTE OU NÃO REAGENTE.

Cada teste tem seus métodos e portanto cada um tem seus determinados cut off/referencias/indices.

TODAS AS AMOSTRAS DE SANGUE COLETADAS SÃO TESTADAS E RE-TESTADAS VÁRIAS VEZES, E O LAUDO DEFINITIVO "COM O RESULTADO", SOMENTE É LIBERADO APÓS ESSAS VÁRIAS TESTAGENS E DESDE QUE NÃO HAJA UMA ÚNICA DIVERGÊNCIA NO RESULTADO!

Os números podem ser diferentes pois as amostras são diferentes e as reações químicas idem.

E o principal de tudo :

ABAIXO DO ÍNDICE = É NEGATIVO E PONTO FINAL.

ACIMA DO(MAIOR) ÍNDICE = É POSITIVO E PONTO FINAL.


Dê uma olhada no seu laudo que a maioria vem com observações tipo:

Abaixo de "x" = NÃO REAGENTE

De "x" até "y" = INDETERMINADO

Acima de "y" = REAGENTE

Finalizando e repetindo...DÊ SOMENTE ATENÇÃO AO QUE 'NOS' INTERESSA E QUE É DO NOSSO CONHECIMENTO..."O RESULTADO".

tinho disse...

alexandre bom dia,
tive uma relação de risco com preservativo passivo e ativo com um profissional coisa rapida uma unica penetração de minutos isso foi dia 08/12/2010 na madrugada do mesmo dia comecei a tussir e ter falta de ar e estou até hoje, já consultei alguns medicos mas não falei da situação de risco estou esperando dar 30 dias para fazer o exame, por favor me esclareça pois estou desesperado é possivel a faze aguda iniciar no mesmo dia do contato. aguardo e fique com deus

Alexandre disse...

Tinho, se você USOU CAMISINHA, não existiu risco algum!

tinho disse...

ola alexandre eu de novo com 30 dias de relacao de risco o teste rapido do cta e confiavel . abracao tinho

Alexandre disse...

Tinho, "CLIQUE AQUI", assista o vídeo na íntegra que a sua resposta será dada por especialistas.

Abs

tinho disse...

ok alex e obrigado pela paciencia eu assisti a reportagem do fantastico otem e confio plenamente nos medicos e que fica este tal de exame de 3 e 4 geracao e eu pretendo dia 7 fazer a testagem rapida no cta e como dara 30 dias dia 7 eu queria fazer e desencanar deveis, me desculpe e que voce transmite tanta seguranca nas suas palavras . forte abraco

tinho disse...

oi alexandre, aguardo sua resposta

abraço tinho

Alexandre disse...

Tinho, eu já respondi a sua pergunta!

Anônimo disse...

Olá Alexandre, tive uma relação de risco a 3 meses atras, na qual o preservativo estourou. Hj, passados 3 meses, estou com diarreia a 2 semanas. Estou mto preocupado, sera q pode ser sintoma da fase aguda?? Abraço.

Alexandre disse...

Faça o teste de hiv/dst, tenha as suas respostas e acabe com as preocupações!

Anônimo disse...

OI alexandre gostei desse espaço acho que como quase todos que chega ate vc e por causa de uma duvida apos 2 semanas,de uma relação que nao foi desprotegida na realidade nem ouvi uma penetração completa pois a pessoa sofria de ejaculação precoce,bem estava de camisinha e nao houve nenhum tipo de sexo oral,essa pessoa ficou me mandando email,apos 2 semanas,dizendo que passou mal e foi ao medico com diarreia e o medico disse que poderia ser hiv e ficou insinuando que foi eu que transmiti que eu deveria fazer o exame,ele mesmo nao fazia,contou para sua noiva e ela ficava ligando fazendo varias ameaças mensagens absurdas que os medicos falaram que ele pegou pelo beijo na boca rs...que eu tinha por que tinha que fazer o exame,bom quase enlouqueci,pois como poderia contar para o meu marido,durante dois meses fui tres medicos contei tudo o que estou relatando,eles me aconselharam a esquecer pois era impossivel eu ter me contaminado dessa relação, mas como era pronto socorro nao tinha como pedir o exame,estou relatando para o pessoal saber a força do nosso psicologico eu ficava lendo sintomas na net no outro dia eu amanhecia com o sintoma temperatura alta ,dor no corpo sentia inguas no pescoço eu nao tinha mas eu sentia so eu sentia fui a uma medica que me tranquilizou ela so faltou me bater para eu tirar os sintomas da cabeça,pessoal e serio a nossa cabeça produz sim os sintomas eu consegui produzir inguas,os medicos apalpavam e falavam vc nao tem nada mas eu sentia,fui relaxando as ameaças diminuiram,apos 2 meses sem receber as ameaças ,ele voltou a me ligar nao podia mas conviver com aquela situação eu estava refem a 6 meses o contato foi em fevereiro2010, entao em agosto 2010,volta a ligar ,nao quis ouvi-lo e criei coragem e contei ao meu marido,nos entendemos e resolvemos fazer juntos o exame nos CTA cada um fez num CTA diferente,os nossos resultados Graças a Deus foi negativo(não reagente)conversei com a aconselhadora e ela me explicou que se passaram 6 meses da situação ate o exame entao eu nao precisava repetir o teste e o teste rapido que foi o que nos fizemos e super seguro foi o bio manguinhos
Mas Alexandre as vezes bate aquela duvida os Teste rapidos sao realmente de confiança? sei que nao e medico mas tem muito mais informação ,muito obrigado e vc realmente tranquiliza corações

Alexandre disse...

Anônima, você realizou o teste "06 meses após a suposta situação de risco, que na verdade nem houve POIS VOCÊS USARAM CAMISINHA.
Portanto, como você e seu marido se testaram e o resultado para os 2 foi NEGATIVO, "AMBOS NÃO TEM HIV", isso é "fato/realidade".
Sobre o restante eu não posso nem devo dar minha opinião, pois refere-se a sua vida particular.

Anônimo disse...

Olá amigo. Lógico que, com certeza só fazendo o exame, mas saberia dizer qual risco de contrair hiv corre quem tem pequeno ferimento na boca e beija alguem com o virus? Agradeço.

Alexandre disse...

Anônimo, vou lhe dar a mesma resposta(e ultima) que dei a um outro amigo. Lembrando que é A MINHA OPINIÃO "DE LEIGO":

O risco de transmissão pelo beijo é TEÓRICO, ou seja, NÃO EXISTE NA PRÁTICA, pois poderia...repito PODERIA ocorrer juntando-se vários FATOS e não SUPOSIÇÕES, como:

TROCA DE SANGUE ENTRE AS DUAS PESSOAS ABUNDANTEMENTE + FERIDAS ABERTAS E INFLAMADAS EM AMBAS + INFECÇÕES BUCAIS/DENTÁRIAS TAMBÉM ABERTAS E INFLAMADAS + NO CASO DE 1 PESSOA SER COMPROVADAMENTE SOROPOSITIVA, A MESMA TERIA DE ESTAR EM ESTÁGIO AVANÇADO OU SEJA, COM AIDS, OU NÃO ESTAR FAZENDO O TRATAMENTO ANTIRRETROVIRAL, POIS DEPENDERIA TAMBÉM DA CARGA VIRAL DESSA PESSOA, OU SEJA, QUANTIDADE DE VÍRUS NO SANGUE DA MESMA!

Anônimo disse...

Alexandre, tive uma relação de risco no dia 20 de novembro 2010, a partir do dia 1º de Janeiro, venho apresentando sintomas, não aos que sem comparam ao hiv, mas como: diarréia, cansaço muscular, bolinhas vermelhas pelo corpo como se fossem picada de insetos, e desde então fiquei SUPER preocupado, porém, no dia 4 de janeiro fiz um exame, NEGATIVO, no dia 28 de janeiro um novo exame e NEGATIVO, hoje dia 14 de fevereiro fiz um novo exame, a pessoa com quem me relacionei fez um exame no qual constatou que também é NEGATIVO, "ressalva: profissional de saúde ela" esses sintomas, podem ser totalmente da minha cabeça, ou existe alguma possibilidade de eu possuir o virus do HIV? vale lembrar que depois de ter esses sintomas evitei de ter relações sexuais com ela. Obrigado desde já.

Alexandre disse...

Anônimo, você já realizou 03 testes de HIV. Dois negativos e outro recente que provavelmente deverá confirmar os outros 2.
"SE" após a sua ultima relação sem camisinha, você não teve outras, os resultados negativos dos testes comprovam que você não tem o vírus.
Você pesquisou através de um médico a possibilidade de outras DST?
Se não o fez, faça para descartá-las e aproveite a consulta para tirar as suas dúvidas e esclarecer seus "supostos" sintomas, "COM UM MÉDICO".

Abs.

Anônimo disse...

o interessante é que já fui ao urologista, não tenho nenhuma outra DST, tive uma uretrite a algum tempo atrás mas já curada. Vale lembrar também que eu tenho gastrite crônica, o médico disse que meu intestino não voltaria a ser o mesmo, mas quando vejo coisas relacionada a essa janela imunológica fico na dúvida. Devo confiar nesses resultados e esquecer toda essa história, ou por sua experiência devo realizar novos testes?

Alexandre disse...

Anônimo, então você precisa começar a acreditar que NÃO se contaminou nem pelo HIV nem por outras DST. Até porque além dos testes e exames, você esteve na presença de UM MÉDICO, que já lhe disse as causas desses sintomas.
Sugiro que você aguarde o resultado do ultimo testes, e após a confirmação de mais um negativo para o HIV, volte ao MÉDICO e peça ao mesmo para lhe dar a PALAVRA MÉDICA E DEFINITIVA, a respeito do seu caso. E a partir daí ACREDITAR na medicina e na ciência para seguir com sua vida.

Anônimo disse...

Alexandre, pode ter a certeza que Deus ira lhe recompensar e muito pela ajuda que você tem dado a todas as pessoas que o procuram através de seu Blog, tenho certeza que você é uma pessoa especial aos olhos de nosso salvador. Muito obrigado e um abraço super forte.

Anônimo disse...

Oi Alexandre eu preciso conversar ,desabafar e tirar algumas duvidas.Se vc puder me ajudar te agradeceria muito.
Alexandre dia 21-12 e dia 11-02 tive essas duas relçoes desprotegidas.E agora dia 14-02 ate hije dia 17-02 estou com febre direto sem parar praticamente,febre baixa de 37,80 mais pessistente,diarreia 3 evacuaçoes por dia,falta de apetite e muito cansaço,muito sono,dores no corpo tbm.Vc acha que pode ser da fase aguda do hiv?Eu vou procurar fazer o teste,mais queria que vc me esclarecesse isso.Pode ser a fase aguda,me responda com urgencia pfvor.Toda hora venho na frente do pc e vejo se vc ja me respondeu.E tbm dores no pescoço perto da orelha pelo lado de traz.Muito obrigada amigo virtual.

Alexandre disse...

Eu já respondi sua pergunta na postagem onde você a colocou.

Abs

Anônimo disse...

Oi Alexandre sou eu denovo da data do dia 21-12 e dia11-02,mais nao consigo achar a resposta.

fernando disse...

Oi Alexandre,desculpa é que ja revirei pra tentar achar a resposta que vc colocou mais nao consigo.Sou eu anonima dia 21-12 e dia 11-02 as duas relaçoes de risco.E ate hoje dia18-02 a febre pessistente mais nao passa dos 38,graus,diarreia 3 avacuaçoes por dia,e muito cansaço.Me responda nessa postagem pfvor.Te agradeço muito,e muito obrigada por teu blog existir e tirar muitas duvidas da cabecinha dos outros.bjos e fica com Deus

Alexandre disse...

Fernando, a sua "ultima relação sem camisinha" foi em 11/02, portanto você deve esperar mais alguns dias para fazer seu teste de HIV, pois "somente o fazendo é que você poderá saber se houve ou não contaminação", pois "supostos sintomas" não provam nem comprovam nada e esses que você cita nada tem a ver com HIV.
Independente do teste específico, consulte-se com um urologista/ginecologista, relate sua história sem "omitir nada" e siga suas orientações, até para poder descartar as OUTRAS DST. Inclusive o mesmo poderá lhe encaminhar para outro especialista, se for o caso, a respeito desses sintomas.

Anônimo disse...

Boa noite amigo ,me tire uma duvida pfvor.Dia 15-01 tive uma relaçao desprotegido e dia 14-02 fiz um monte de exame inclusive pro hiv.Descobrir que tinha clamidia,isso tem alguma coisa a ver com hiv?Isso alterou o meu resultado de exame pra hiv?ja posso ficar despreoculpado quanto o hiv ?te agradeço se me responder

Alexandre disse...

Boa tarde anônimo, deduzo que seu teste de HIV tenha dado NEGATIVO, então de todos os exames e testes que você realizou, o único POSITIVO foi para "clamídia". Dessa forma você deve seguir as orientações e o tratamento INDICADO PELO SEU MÉDICO, para tratar a mesma, sendo que a presença desta "não" altera o resultado do seu teste de HIV, e isso também você deve esclarecer com seu MÉDICO, o qual lhe afirmará corretamente se você precisa fazer outro teste ou não.
Só para finalizar, clamídia é uma DST, HIV/AIDS também pode ser considerada uma DST, E UMA NÃO DEPENDE DA OUTRA, ou seja, você pode ser portador de clamídia e não ser de HIV, como mostram seus testes e exames.

Anônimo disse...

Bom dia Alexandre.Me esclareça uma duvida porfavor amigo.
Se por um acaso eu for hiv positivo e transar com meu namorado hiv negativo,e eu não gozar quais os riscos dele pegar?Existe algum risco dele nao pegar o hiv se eu nao gozar?Obrigada pela resposta

Anônimo disse...

Bom Dia Alexandre.com 28 dias de uma transa sem preservativo o teste já é eficaz?Já é certo?ou devo repiti-lo?

obrigada

Alexandre disse...

Anônimo 1, existindo o HIV "sempre" haverá riscos de contaminação, pois você sabe que antes da ejaculação o pênis já expele sêmen, além disso existe o atrito natural entre a pele/pelos que podem ocasionar fissuras e até sangramentos, e também o contato direto com as mucosas, portanto para "não haver contaminação a camisinha é obrigatória". Lembrando ainda que não é só HIV que se transmite sexualmenmte, AS DST TAMBÉM(TODAS).

Abs

===================================

Anônimo 2, sim, os testes atuais já dão um resultado altamente confiável após 28 dias "da ultima relação sem camisinha". Mas "você" acredita e já está totalmente convencido que não foi contaminado?
Não esqueça que sexo sem camisinha também pode transmitir OUTRAS DST.

Abs

Anônimo disse...

Oi amigo e tire uma duvida pfvor.
Nunca tive febre nessa vida,e depois de 3 semanas de uma relaçao sem preservativo,tive febre sem parar de 38 graus durante 5 dias direto e apenas 2 dias de diarreia.Isso poderia ser do hiv?Nao sentir mais nada apenas isso.A febre da fase aguda demora mais ou menos quanto tempo no corpo da pessoa?Pode vim apenas febre na fase aguda do hiv?obrigada pela resposta

Alexandre disse...

Oi anônimo, como você já leu e ouviu em vários locais, inclusive aqui mesmo, "sintomas não comprovam que houve contaminação", portanto só tem uma maneira de você saber se foi infectado pelo HIV, "FAZENDO O TESTE ESPECÍFICO". Não esqueça também das outras DST e consulte-se com um urologista para ser orientado corretamente.
Fase aguda NÃO É UMA REGRA, tanto é um fato que EU nunca passei por ela.
Febre e diarréia podem ter inúmeras causas, portanto não são sintomas específicos de contaminação pelo hiv.

Abs

Anônimo disse...

Oi Xande vou desabafar contigo,e quero um conselho.
Amigo,sou casada há 10 anos,e agora dia final de novembro conhecir um cara que me deixou louca.Como meu casamento caiu na rotina e eu queria animo,loucura,paixao me envolvir com esse cara,e tudo isso aconteceu.Tivemos apenas duas transas sem preservativo uma dia 23-12 e a outra dia 11-01,depois cair em sí e nao quiz mais saber dele.Estava arrependida de ter sido fraca e ter traido meu marido,são coisas que a pessoa faz num piscar de olhos sabe?Esse homem me pertubou tanto e fiquei sabendo por uma mensagem de telefone que ele usava crack e frequentava casas vermelhas.Quando foi dia 13-02 eu comecei ter febre pessistente durante 8 dias e depois passou,e agora há 14 dias atras começou a febre denovo e durou 6 dias sem nenhuma causa aparente.E dia 15-02 fiz um teste de hiv e deu negativo,e dia 07-03 fiz outro e vou buscar o resultado segunda-feira agora.Alexandre desculpa ta desabafando contigo,é que eu tou desesperada,nao tenho irmã,sobrinha nada apenas minha mãe e meu irmão e prefiro deixa-los sem saber de nada.Eu temo mais por a saude do meu marido,nao quero ter passado nada pra ele te juro,temo pela miha filha de 4 anos tbm.Oh meu Deus se arrependimento matasse eu já taria morta desde quando fiz essa besteira.Eu nao tenho mais fome,só choro,choro muito,nao sei o que fazer.Segunda feira a minha vida vai mudar pra pior ou melhor.Se eu receber um resultado possitivo na mesma hora falo pro meu marido tudo o que aconteceu,se eu receber um negativo vou continuar com a puga atras da orelha mais eu vou respirar melhor e viver intensamente amando e respeitando o meu marido,minha filha e todos que eu amo.Estou morando na Bélgica,sexta-feira passada fui na emergencia com a febre e fingir dores pra mim ser examinada e fazerem exames em mim,o médico fez exames de sangue,exame de urina,e fez a scaner e a única coisa que detectaram foi 2 pedras biliares e o baço aumentado,lembrando que eu nao fiz o exame de hiv nessa sex-ta apesar que eu pedir pro médico e ele disse que nao faria esse exame na emergencia.Me ajuda Alexandre.No dia 15-02 que começou a primeira febre me deu dores nas costas e no estomago e tbm muitas dores na barriga.Alexandre esse primeiro teste que eu fiz de hiv e deu negativo já posso confiar?Será que o de segunda-feira agora posso me surpreender?a scaner detectaria o virus?eu sempre vejo cartazes no hospital de pessoas ja vivendo com o hiv e sempre dizem que tem que esperar 3 meses.Me dá uma ajuda.obrigada tou aguardando tua resposta ok.Fica com Deus

Alexandre disse...

Anônimo(a) 2, você já fez um teste de HIV com tempo suficiente para um resultado correto, e fez outro que provavelmente vai confirmar o resultado negativo do 1º.
"O unico teste que pode comprovar se uma pessoa tem ou não HIV é o teste específico, que você já fez 2 vezes".
Você já foi atendida por um médico e o mesmo "somente" constatou pedras nos rins e um aumento no baço, portanto esses dois "probleminhas" já explicam os sintomas que você sente ou sentiu e nada tem, a ver com HIV.
Eu sugiro que você se afaste da internet e de assuntos ligados ao HIV, e o mais importante: "Marque uma consulta com um(a) ginecologista/infectologista, relate toda sua história sem omitir nada, mostre-lhe seus testes de hiv e ouça a opinião PROFISSIONAL com muita atenção, pois NADA comprova que você foi infectada, muito pelo contrário. Lembre-se também de solicitar ao médico(a) que investigue as outras DST, assim você acaba com todas as preocupações.
Essa é a única maneira para que você volte a sua vida normal.

Abs

darkhiel disse...

Alexandre boa tarde.

1º parabéns pelo seu blog, muito bom mesmo.
como você mesmo disse você não é médico, mas conhece bastante do assunto.

Dia 27 tive uma relação de risco, na hora da penetração usei camisinha, mas quando a garota fez sexo oral em mim eu não usei a camisinha, no dia seguinte meu penis ardeu muito, fui até o hospital e o médico me passou uma pomada e a irritação melhorou, ´depois me consultei com um urologista e ele me disse que com meu penis estava tudo ok, mas vi que os sintomas aparecem depois de duas semanas, de la pra cá tenho tido dores de cabeça, pigmentos vermelhos na pele, dor embaixo da axilia, dor no estomago e tudo isso é descrito como sintoma do HIV. Estou com muito medo, fiz o teste de HIV solicitado pelo urologista, mas só tem 17 dias depois da situação, ou seja, ainda estou dentro da janela, então não acusaria nada ainda certo? E se eu fizer um exame de 4ª geração? Já acusaria? Li que a janela cai para quinze dias? Saberia me informar onde poderia fazer esse exame de 4ª geração em Santos?

Desde já grato.

Alexandre disse...

Boa tarde Darkhiel, na minha opinião de "leigo" você não correu risco para infecção pelo HIV, pois no sexo oral quem corre risco "é quem faz o oral e não quem recebe".
Como você já foi a um urologista e o mesmo disse estar tudo ok, desencane pois esses sintomas que você descreve NÃO SÃO ESPECÍFICOS DO HIV.
Se somente um teste com mais janela o convencerá, dê uma ligada para 4004-6999, que é um laboratório conceituado aqui de Santos, e converse com eles a respeito.

Abs

darkhiel disse...

Alexandre bom dia.

Obrigado pelas informações, mas fico desesperado pois todo dia acontece algum sintoma, ontem a noite por exemplo tive uma forte formigação no antebraço, e manchas vermelhas, com dor de garganta e uma sensação estranha na gengiva. Sem contar a gripe. E li que pelo menos esses sintomas apareceriam depois de duas semanas e foi justo depois de duas semanas que apareceram. Obrigado pelo tel. liguei e peguei o end. irei pessoalmente. Hoje fazem 19 dias, na sua opinião se eles fizerem o teste de quarta geração, posso confiar no resultado?

Desculpe estar lhe incomodando, mas estou desesperado.

Alexandre disse...

Darkhiel, eu até compreenderia o seu desespero se você tivesse corrido risco REAL, ou se fosse comprovadamente PORTADOR DO HIV.
Eu como "leigo" já lhe dei a minha opinião acima.
Pare de se auto diagnosticar pela net como o portador de algo que você não tem. E faça seu teste de 4ª geração que o mesmo lhe comprovará que você está exagerando!

darkhiel disse...

Alexandre boa tarde.

Desculpe ter lhe importunado, mas é que esse assunto realmente assusta. De fato tenho que parar de me diagnosticar, talvez muita coisa que eu esteja sentindo seja psicologica. Espero que sim.
Obrigado por seu apoio, irei na clinica hoje. Se não tiver problema gostaria de comentar como foi depois na clinica.
Obrigado e um forte abraço.

Alexandre disse...

Darkhiel, faça isso e não esqueça de tirar todas as suas dúvidas "até entender", ou seja, se não entender pergunte novamente aos profissionais da clínica. E se quiser comente após sua consulta.

Abs

darkhiel disse...

Alexandre bom dia.

Peguei o resultado do exame que fiz depois de 17 dias do ocorrido, o resultado foi o seguinte:
VDRL: não reagente
HIV I e II: negativo
HBSAG: Não reagente
ANTI-HCV: Não reagente

Mas como só tinha 17 dias, não posso confiar neste resultado certo?
O tipo de exame foi o Enzimaimunoensaio, esse é de 3ª geração certo?
Não consegui ir até a clinica ontem..

Outra duvida, após um mês da situação de risco, o teste rapido é confiavel?

Abs

Alexandre disse...

Darkhiel, esses testes/exames COMPROVAM que você NÃO é portador de:

"HIV - SÍFILIS - HEPATITES"

Dê uma ligada no laboratório e peça que lhe informem a geração do teste, inclusive essa informação você já poderia ter solicitado quando o realizou.

Como já lhe disse, nem mesmo risco você correu(SE VOCÊ NÃO OMITIU NADA), mas se você prefere continuar nessa paranóia e ficar se testando para o resto da vida, é uma escolha sua.

"TODOS OS TESTES SÃO SEGUROS E CONFIÁVEIS, INDEPENDENTE DE GERAÇÃO. E MESMO ANTES DE 30 DIAS OS RESULTADOS JÁ SÃO CORRETOS"

Essa é minha opinião DE LEIGO, e não tem nenhum valor médico ou cientifico. Portanto...repito...procure um especialista para se convencer, pois "eu" como LEIGO não tenho mais nada a acrescentar.

Abs

darkhiel disse...

Alexandre,

Minhas sinceras desculpas, sei que fui muito chato. Mas quero deixar claro que de forma alguma tenho preconceito uma vez que todos estamos sujeitos ao risco. Simplesmente é medo, mas é/seria algo que eu teria que aprender a lidar.

Agradeço todas as informações e palavras de tranquilidade. Continue sempre assim, ajudando as pessoas. Por que pra ser sincero me senti mais avontade conversando com um "leigo" pela internet do que com o médico que me atendeu.

Um Forte Abraço e Fique Com Deus

Daniela disse...

olá meu nome é Marcela, Alexandre, tive uma esposição de risco em 19/11/10 e de lá para cá não apresentei muitas alterações, somente uma leve diarréia e um pouco de suor nos períodos menstruais, e tenho também algumas bolinhas que aparecem nas genitais, são bem pequanas e com líquido claro segundo a ginecologista, elas aparecem já faz bastante tempo antes do risco ainda. Fiz o texte em 21/02/11 e deu negativo, fiz pelo método MEIA, poderia me falar sobre a confiabilidade deste exame, e quanto ao tempo de intervalo, posso ficar tranquila com o resultado? e se puder me responder, medicamentos como Metotrexate pode interferir nos textes? de que foma?

Alexandre disse...

Oi Marcela, em relação ao HIV o teste que você realizou após 03 meses, independente da geração/tipo/método, comprova que você não foi conyaminada pelo HIV, "desde que nesse período você não tenha transado novamente sem usar camisinha".
Converse com sua ginecologista e peça-lhe para que lhe explique melhor o que são essas bolinhas e o líquido claro, inclusive também peça que investigue as outras DST, OK.
E o mais importante: Deduzo que você toma ou tomou essa medicação para a "Esclerodermia". Se for assim é uma doença "auto-imune" rara. Então mais uma vez peça para sua ginecologista lhe esclarecer sobre o diagnóstico do seu teste de HIV, já que essa doença "poderia...repito...poderia...repito...poderia" interferir no teste e dar um resultado "falso-positivo", porém como você o realizou após 03 meses da relação, e o resultado foi "negativo", essa interferência provavelmente "não aconteceu".
Repito: Marque uma consulta com sua ginecologista, coloque todas essas questões pois "somente a mesma" poderá lhe dar as respostas concretas e corretas, já que é MÉDICA/ESPECIALISTA e quem tem todos os detalhes da sua saúde.

Abs

neide disse...

Oi Alexandre bom dia.Vc pode me esclarecer uma duvida sobre o teste Eliza de 3a geraçao?E com quanto tempo ele é confiavél fazer após o risco?Obrigada e parabens pelo Blog foi uma amiga que mandou eu dá uma olhadinha,bom ela já é sua fã.Fala do seu blog pra todas as pessoas que conhece.parabens

neide disse...

Oi Alexandre só mais uma pergunta pfvor.Como é que fica o pescoço quando os nodulos nele estão inchados?Na tal famosa fase aguda?e essa fase dos nodulos no pescoço pode aparecer depois de 2 meses após o risco?muito obrigada

Alexandre disse...

Oi Neide, após 30 dias o teste de 3ª já é totalmente confiável. Quanto a pergunta dos nódulos você poderá estranhar a minha resposta...que é: Não sei.
E sabe por que?
Porque eu tenho hiv a mais de 15 anos e nunca tive fase aguda e nem nódulos no pescoço. Então não há como lhe dizer sobre algo que eu não tive. Esse "fato" reforça o que afirmam A CIÊNCIA E E A MEDICINA, "não há como diagnosticar a contaminação pelo hiv POR SINTOMAS".
Inclusive porque a famosa fase aguda "não é uma regra", ou seja, algumas pessoas podem te-la outras não, e o mais importante é que havendo a tal fase "são vários sintomas juntos e não apenas um específico".
E mesmo assim esses vários sintomas podem ser ocasionados por diversas outras doenças...RESUMINDO E FINALIZANDO:

"SOMENTE O TESTE ESPECÍFICO DE HIV PODE DIAGNOSTICAR SE UMA PESSOA TEM OU NÃO O VÍRUS"

Abraços

neide disse...

Oi Alexandre obrigada pela resposta,vc é muito gentil.Alexandre vc sabe me dizer que teste é esse que fiz de hiv e qual é a janela pra ele.HIV-I et HIV-II ainsi que HIV-P24. Vous pouvez aller sur le site pour avoir plus de détail.
Pfvor vc conhece?pode me explicar sobre ele eu nao entendo nada .bjos e muito obrigada viu.

Alexandre disse...

Neide, pela pouca informação que você passou, provavelmente é um teste de 4ª geração, portanto se você o realizou após +- 25 dias da relação de risco, o resultado é altamente correto e totalmente confiável.
Como está citado nessa informação(Vous pouvez aller le site pour avoir plus de détail), você pode consultar o site para maiores detalhes do teste, e caso esteja em outro idioma use o tradutor do Google, ou vá pelo mais fácil, entre em contato com o laboratório que você realizou o mesmo e peça que lhe informe, ok.

Abs

Davi disse...

ei Alexandre td bom? venho acompanho seu blog, e confesso que as informaçoes sao mais claras e objetivas.Sei que não é medico, mais entende muito do assunto, por isso venho le contar meu caso que estou muito assustado. No mes de janeiro de 2010 nao me lembro o dia direito mais esta entre dia 19 a dia 23, tive uma relaçao sexual sem camisinha,com uma pessoa que mal conhecia direito, esperei ate o dia 05/05/2010 para fazer o exame anti hiv, que apareceu não reagente, mais passados 2 meses depois do resultado, começei a ter manchas vermelhas na virilha que conçavam muito, passado um tempo elas pararam de coçar e pareçe que virarao inguas que nao encomodam mais, mais na regiao da minha virilha esta acizentado, e agora depois de um ano desse relaçao sexual de risco me apareceram duas inguas nas axilas vermelhadas que parece que ja fazem dois meses que elas não sai. Estou com medo de fazer o exame anti hiv agora, por que ja to me considerando um hiv positivo, to sem dormir direito ja faz 3 dias, e to sem comer direito e tambem 3 dias que nao vou a faculdade. Se voce poder me esclarecer um pouco sobre minha situação, ficaria muito grato. E ressaltando tambem faço uso dos remedios tetraciclina e paroxetina, queria saber se isso poderia alterar no meu exame. E tambem queria saber so o exame anti hiv o elisa, decta tambem outras DST sifilis, se nao detecta, eu digo que nao fiz o exame para outras DST. Disculpa te encomodar, mais estou aflito, meus sintomas so foram esses na virilha e nas axilas que nao sai ja faz 2 meses.
Deus te abençoe
Abraço
grato anonimo doug

Alexandre disse...

Oi Davi, um pouco difícil mas sou teimoso rsrs.

Raciocine comigo ok:

Sua relação foi em janeiro/2010 e você fez o teste de HIV 05 meses depois, portanto NESTA RELAÇÃO você não foi infectado e o teste COMPROVA!

Faz mais de 01 ano que você começou a ter manchas e supostas ínguas. O que você está esperando para marcar uma consulta com um urologista para investigar as causas?

Você como 99,99% das pessoas somente se preocupam com HIV e esquecem das outras DST, algumas tão ou mais graves que o próprio HIV. Então só existe uma maneira de você acabar com sua aflição:

CONSULTAR-SE COM O ESPECIALISTA QUE LHE SUGERI!

Sem fazer testes/exames e sem o diagnóstico correto informado pelo MÉDICO, você não resolve nada e fica "supondo" isso ou aquilo, e caso você seja portador de alguma doença, a mesma não está sendo tratada podendo causar complicações.
Não espere e nem adie o que DEVE SER FEITO!

Abs

Alexandre disse...

Davi. não postei o seu novo comentário porque o mesmo é totalmente repetitivo, inclusive só para citar uma parte dele, manchas, feridas, secreções no pênis, "não são causados pelo HIV, mas podem ser causadas por DST, como sífilis por exemplo".
Mas tudo isso é "achismo, suposição", e você somente saberá do que se trata SE PROCURAR UM UROLOGISTA PARA SER EXAMINADO.
Faça isso e talvez o mesmo até lhe peça outro teste também para o HIV, pois nesse 01 ano que se passou, você poderia ter se exposto novamente, e isso só você sabe e TERÁ DE INFORMAR AO MÉDICO!

Davi disse...

Entendi Alexandre, vou fazer isso sim procurar um urologista.
Mais meu exame de anti hiv 5 meses depois dessa relação sexual é confiavel?

E so como opiniao pelo o outro comentario meu, voce acha que essas inguas pode ser pelo aqueles fatores que sitei,hipertensao,probelmas psicologicos e talz?
É so uma opinião mesmo que queria saber.
E seu trabalho é otimo do seu blog
parabens
abraço.

Alexandre disse...

Davi, eu já lhe respondi ok? Vá ao médico!

Douglas disse...

ola boa tarde alexandre bem lendo o seu blog eu confesso a vc que lugar quero lhe dar os parabens pelo seu blog cara muito interessante viu assim quero sanar umas duvidas com vc cara assim eu tive uma relaçao de risco ano passado e de la pra ca eu fiquei meio encanado com a situação pois só agora de umas duas semanas eu começei ater diarreia e falta de apetite e perca de peso pois perdi 4 kilos cara gostaria de saber se caso eu tenha contarido o virus isso volta ao normal eu sentir fome pois assim eu passei em um gastro ele me disse que era uma virose e tinha atacado a flora intestinal mais de certa forma eu marqeui de fazer um exame essa semana para tirar essa duvida de vez ja comuniquei meus irmao e minha namorada pois assim eles estao comigo nessa jornada graças a deus quero saber se isso é um sintoma ou pode ser um virose que eu tenha pego e se for soro positivo a vida segue normal a pessoa sempre tera diarreias e fata de apetite ??? eu marqeui um infectologista essa semana e assim ale quero saber se isso é um coisa passageira apos esses sintomas aparecer cara eu estou muito mal ale gostaria de um apoio moral e que deus nos abençoe sempre

Alexandre disse...

Boa tarde Douglas. Nada e "nenhum sintoma" pode diagnosticar se uma pessoa tem ou não HIV. Portanto você somente saberá se é portador "se fizer o teste específico de HIV".

Caso seja negativo, siga com sua vida e "use camisinha sempre e em todas as relações".

Caso seja positivo, siga com sua vida e também "use camisinha em todas as relações", pois a VIDA de quem tem HIV não difere em nada da VIDA de quem não tem o vírus.

Ela somente será diferente SE O PORTADOR ENTREGÁ-LA AO VÍRUS!

Abs

darkhiel disse...

Alexandre, boa tarde.

Sei que já ultrapassei minha cota, mas peço seus conselhos mais uma vez.
Alexandre fiz três exames:
Enzimamunoensaio: 17 dias depois do risco.
Bio-Mangunhos: 23 dias depois do risco.
Eletroquimioluminescencia (antigeno p24 e anticorpos HIV 1/2): 29 dias depois do risco.
Sendo este último considerado de 4ª geração pela Iacs onde fiz.

Mas estou sentido dores musculares (cotovelo, punhos, atrás dos joelhos), minhas unhas estão roxas, dor no peito, pequenas manchas vermelhas.. e li que tudo isso são sintomas. Será que estou somatizando? Alexandre sinceramente devo procurar um psicologo?

Posso/devo confiar neste três exames sendo este último depois de 30 dia depois do ocorrido?

Desde já muito obrigado,

Alexandre disse...

Darkhiel, para "o seu próprio bem" vou lhe responder pela ultima vez sobre hiv, pois está claro que você tem idéia fixa pelo vírus e "nada" o convence "QUE VOCÊ NEM MESMO CORREU RISCO".

1-Você tem 03 testes de hiv NEGATIVOS!

2-Um teste confirmou o resultado do outro, sendo o ultimo de 4ª geração, portanto com JANELA SUFICIENTE. Lembrando que nem houve risco!

3-NENHUM...REPITO..."NENHUM" sintoma que você descreve tem a ver com hiv, portanto sua afirmação que são sintomas de hiv não está correta, até mesmo porque se você tivesse o vírus, os sintomas não comprovariam MAS OS TESTES QUE VOCÊ REALIZOU COMPROVAM QUE HIV VOCÊ NÃO TEM!

4-Se você desse uma pesquisada na DENGUE POR EXEMPLO, desconfiaria que estivesse com ela, pois os sintomas que você descreve são muito semelhantes, porém na net NÃO há como saber se realmente é dengue, ou outra doença, ou até mesmo somatização.

5-Vá a um posto de saúde, ou consulte-se com um CLÍNICO GERAL, pois somente um MÉDICO EXAMINANDO-O PESSOALMENTE, poderá diagnosticar se você tem ou não um problema REAL de saúde. E também procure ajuda psicológica, pois você está obcecado pelo hiv e vivendo para o vírus QUE VOCÊ NÃO TEM!

Me desculpe, mas não há mais nada que eu possa como LEIGO lhe dizer, e a partir de agora é você quem escolhe o que quer da sua vida...VIVER OU ENTREGÁ-LA A ALGO QUE NÃO EXISTE!

VOCÊ DECIDE!

Assunto hiv, como citei acima encerrado para o seu próprio bem!

Abs

Augusto disse...

Oi Alexandre.
Gostaria de saber se aftas podem ser o único sintoma da fase aguda.

Alexandre disse...

Augusto, aftas não são sintomas específicos de infecção pelo HIV!

Anônimo disse...

Caro amigo...Tenho uma dúvida e gostaria que me ajudasse. Sei que os sintomas da fase aguda são inespecíficos, mas mesmo assim indago se eles podem ocorrer muito rapidamente, começando com dor de garganta (faringite) dois dia depois do contato e aumento de um glanglio no pescoço, com sete dias do contato praticamente os sintomas já haviam cessado. Essa fase aguda pode ocorrer assim ou normalmente é mais tardia e com mais sintomas? Sei que a unica maneira de saber se está contaminado é com o exame, mas fiquei me questionando sobre isso.
Agradeço a atenção e parabéns pela iniciativa. Rob

Alexandre disse...

Rob, você praticamente já respondeu sua própria pergunta, inclusive se você prestar atenção na matéria acima, verá que "se, caso a fase aguda ocorra, a mesma "pode ocorrer" após +- 5 dias da exposição "REAL" ao vírus hiv".
Como você mesmo já disse, não adianta ficar procurando, achando, deduzindo algo que somente o teste específico irá responder concretamente.

ricardo disse...

boa noite, tudo bem alexandre, sei que voce é leigo mas sua boa vontade em buscar e mostrar informações sobre dsts, que com certeza ajudam muitas pessoas, uma força de vontade e uma humanidade que é tanta que nos passa segurança, muito obrigado, postei questionamentos a vc sobre o hiv, eu já tinha feito um exame depois de uma situação de risco, e ele tinha dado não reagente, mas minha conciência estava tão pesada que acabei sentido varios sintomas que me faziam a relacionar com o hiv, mas refiz outro exame e este tambem deu não reagente, e deixo recado para que pessoas acreditem que o psicologico nos destroi se deixarmos ele controlar nosso corpo, agradeço a deus por minha ajudar e digo só façam sexo seguro, valeu alexandre. ass-ricardo

gilly disse...

oi alexandre sou eu o junior dos santos
queria saber se viu minha pergunta !?
abraços

Alexandre disse...

Junior, sua pergunta não foi postada.

gilly disse...

oi sou eu o junior vou postar de novo entao
tive uma transa de camisinha e tals a mais ou menos 28 dias no vigesimo nono dia tive um mal estar somente neste dia e depois 4 dias de diarreia com uma diarreia por dia e nada mais .
isso sao sintomas da fase aguda??
minha barriga doeu bastante e muitas fratulencias
obrigadu alexandre

gilly disse...

oi alexandre so mais uma observaçao
a pergunta da fase aguda é claro baseada no fato de caso tivesse ocorrido o risco.
obrigadu

Alexandre disse...

Junior, você na 2ª pergunta já respondeu a sua dúvida, ou seja, você NÃO correu risco algum!

Abs

gilly disse...

mas alexandre
minha duvida é: se os sintomas que te falei sao de fase aguda ?
cosa tivesse o risco

Alexandre disse...

NÃO! Não são sintomas relativos a contaminação pelo. Diarréia e mal estar podem ter milhões de causas!

espelhosdec disse...

Olá Alexandre.
Faz pouco mais de 2 meses que tive uma relação de risco. Dias depois disso, um médico diagnosticou herpes genital em mim. E mais alguns dias depois surgiram pintinhas, parecidas com picadas de inseto ou catapora nas laterais do meu tronco e braços. Os médicos não souberam me dizer do que se tratava. E agora reapareceram estas pintinhas nas 2 panturrilhas e nos braços. Coletei sangue para exame de hiv ontem. Eu não sabia que isto é um dos sintomas, logo não poderia ter sido desenvolvido pelo meu psicológico, já que eu não tinha esse conhecimento. Minha dúvida é se é possível aparecer um sintoma da fase aguda isoladamente. Minha febre no dias seguintes ao contato foi baixa e acredito que devido ao herpes.
Obrigada.

Alexandre disse...

Espelho, "somente o teste específico de HIV" é capaz de diagnosticar o vírus. Como você já o realizou, aguarde o resultado para ter uma resposta correta e concreta. Sintomas, suposições, achismos, deduções "não" lhe darão a resposta real.
Tenha paciência, porque em mais alguns dias você terá sua resposta "cientificamente comprovada".

Abs

espelhosdec disse...

Obrigada por responder rapidamente :)
Mas a angústia é tão grande, que não vejo nenhuma outra explicação para estas pintas, gostaria de pelo menos ter qqr outra hipótese. Se puderes responder outra dúvida: fiz o teste de hiv qdo surgiram as pintas, mas havia se passado apenas 9 dias do contato. Deu negativo. E se sintomas REssurgem assim...
Obrigada.

Alexandre disse...

Espelho, você consegue perceber que as "hipóteses" se tornam uma "bola de neve" e não chegam a lugar algum, pois a cada momento surge uma nova?
Para que um teste de HIV tenha um resultado correto, a pessoa deve realizá-lo após +- 30 dias(dependendo do tipo de teste) "após a ultima relação sexual sem camisinha(proteção)", este é o procedimento correto.
Não adianta você ficar achando isso ou aquilo, faça o que deve ser feito para ter as respostas concretas e corretas: "Marque uma consulta com um urologista/infectologista, relate toda sua história "sem omitir absolutamente nada", e receba deste profissional as respostas certas e os procedimentos que devem ser realizados para acabar com suas dúvidas". Não há outra maneira, ok?

Abs

cara disse...

Dizem que tem muita coisa ruim na internet mas seu blog é das exceções a regra, aliás e que exceção..informações precisas e atualizadas..parabéns, força na sua luta e na sua vida..

Tive um contato de risco em 28/01/11 . A saga começou..10 exames (negativos - último com 72 dias) e 5 médicos...

3 dessses “especialistas absolutamente desatualizadas ou “cautelosos demais” com informações de janela de 90 a 180 dias..que angústia...

Até que resolvi investir e 2 médicos TOP e caríssimos rsrsrs. Ambos foram pontuias de pouco conversa: “20 dias e ponto final!!! Vida normal, vai embora senão vou chamar um psiquiatra!!!”

Como podemos estar diante de tanta controvérsia sobre o assunto..enfim.
Apesar de estar cada vez mais tranqüilo (já deveria estar totalmente),mas não é fácil, e depois de tanto pesquisar, fiquei com umas dúvidas técnicas que não consegui obter dos médicos, pois como eu disse...me mandaram até embora do consultório (e com razão!)

São elas:

1 – exame: muito ouço falar no este Elisa..mas o que eu fiz (2 labaratorios privados diferentes) foram: CMIA quioluminscencia e eletroquimioluminescencia (ambos de 4ª geração). Pergunto: Esses exames são bons, sensíveis, atuais..melhores que o Elisa?..a janela para eles é mesma que para o Elisa..Reforço a pergunta que não é só minha pois vejo muitas pessoas na net com essa incerteza..aliás grande parte do lab. Particulares tem só usados esta “luminescências”?

2 - janela: “20 dias já aparece no exame”, palavras do médico..OK., mas a partir de quanto que não existiria mais riscos (raros, tardios etc)..qual um intervalo seguro ou 20 dias já está com esta margem..na sua experiência quais os casos mais tardios de soroconversão que vc já viu?

3 – ultima..depois de tanto exame comecei a desconfiar até de laboratórios..pergunto. Vc vê algum risco de contaminação em lab.; particulares pelo uso de agulhas etc (são descartáveis?)

Abs força muita força

Que deus te ilumine

abs

Alexandre disse...

Cara, você sabe que sou tão LEIGO como você, então lhe darei abaixo minha opinião e você tira suas próprias conclusões ok?

1-Você tem 10 testes de hiv NEGATIVOS!
2-Opinião de 05 MÉDICOS
3-Procurou 02 ESPECIALISTAS TOP
4-JUNTANDO TUDO, TEM A COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA QUE NÃO TEM HIV!

Mas você não acredita em nada REAL, e prefere alimentar sua idéia fixa pelo hiv contestando os resultados, querendo achar em detalhes técnicos algo que justifique sua paranóia, procurando se rotular de "caso raro" e o mais absurdo de tudo, criar um risco de contaminação "proposital" em laboratórios.
Com toda a minha sinceridade, aceite a "ameaça" dos médicos e procure ajuda psicológica, pois está claro que este é seu problema real de saúde. É o que eu posso lhe dizer(opinar).

Abs

gilly disse...

oi alexandre
a poucos dias deixei um recado aki no seu blog e vc me confortou um pouco...bem vou chegar ao ponto pra ver se vc pode ao menos me confortar pela sua experiencia..
no dia 9 de março tive uma relaçao ao qual quando notei que a camisinha tinha saido bem rapido levantei e lavei meu penis com agua e sabao...ai no dia 4 de abril tive um mal estar e uma diarreia forte com dores na barriga e flatulencia que durou ate o dia 8 de abril...
melhorei e nao senti nada ate o dia 18 de abril meus ganglios do pescoço incharam e ficaram doloridos e minha amidalas ficaram inchadas e doendo tbm durou 3 dias e melhorou ...fiquei bom ate o dia 27 de abril quando tive dor de cabeça dor nas costas e uma febre baixa com a garganta um pouco irritada e hj dia 28 ja estou melhor..........
queria saber alexandre se isso sao sintomas da fase aguda?
se for, se eles acontecem da forma que te falei?
com intervalos de tempo de uma para outros sintomas.
obrigadu alexandre espero receber sua resposta

Alexandre disse...

Gilly, você já procurou um MÉDICO e fez o teste de HIV e os testes e exames para as outras DST?

Se sua resposta é não, sugiro que você faça isso POIS ESSA É A UNICA MANEIRA DE SABER SE HOUVE CONTAMINAÇÃO TANTO PELO HIV COMO PELAS OUTRAS DST.

Suposições, hipóteses, achismos, sintomas...NÃO COMPROVAM absolutamente nada e ninguém pode lhe dar respostas corretas e concretas, a não ser OS MÉDICOS, OS TESTES E OS EXAMES.

Abraços

Raphael disse...

Olá alexandre,
Tive um contato de risco em fevereiro de 2011 e um mês depois tive uma infecção terrível na garganta que creio estar acompanhada de candidíase que por sinal dura até hoje. Nunca tive febre, só foliculite que não sei se pode ser considerado rash de HIV. A garganta, após ir num otorrino e ser medicado com antibióticos e fungicidas, melhorou bastante mas não completamente, ela segue dolorida do lado esquerdo e no ouvido, um dor tolerável que as vezes se intensifica. Tive suores noturnos enquanto tomava antibíotico e outros medicamentos que não sei se são do HIV ou da medicação. Essa semana(3 meses de dor já =/) comecei a sentir as axilas doloridas e do lado esquerdo do pescoço também. Porém, o unico lugar que sinto ter um possivel linfonodo é no pescoço perto de onde dói a garganta.
Bom, duas perguntas: Infecção de HIV pode durar mais de dois meses?
Ínguas são moles/flácidas? Pelo que li ínguas têm aspecto duro, como um caroço, já o que tenho no pescoço não tem esse aspecto...
Fiz o teste do HIV e estou esperando o resultado. Ansiedade está de matar...

Alexandre disse...

Oi Raphael. Pense comigo e como leigos que somos, ok?
O que "qualquer um de nós" deve fazer "se" corremos risco para contaminação pelo HIV E DST?
Devemos "sempre" procurar um médico e realizar testes e exames, certo?
Afinal "não há outra maneira de sabermos se adquirimos algo!
Para o HIV você já fez o teste específico, então acalme-se e aguarde o resultado porque "somente" o mesmo lhe dará a resposta correta!
Se você não fez testes/exames para as outras DST, consulte-se com um especialista e peça-lhe para investigá-las também!
E sabe por que você e todas as pessoas ficam nesse "desespero"? Porque passam 24 horas na net lendo tudo que aparece pela frente, achando que tudo tem a ver com hiv, que qualquer sintoma é consequência do vírus, etc etc etc.
Tudo isso não ajuda em absolutamente nada, só aumenta a ansiedade e as hipóteses, achismos e suposições sem nenhum fundamento. O resultado logo estará nas suas mãos, desligue-se da net e o aguarde, ok?

karina disse...

Por favor, me ajude, eu sei q eu tenho q fazer o teste, mais só para eu ir preparada, é possivel ter febre logo apos a relação desprotegida e msm assim não ter hiv? e tem 5 meses q aconteceu, e fiz um exame de rotina, o hemograma, o medico disse que está tudo perfeito, mesmo o hemograma não detectando o hiv, ele pode dar algumas pistas com 5 meses apos relação desprotegida?

Alexandre disse...

Karina, você precisa "apenas" da sua "própria ajuda" para acabar com essa preocupação em poucos minutos, pois basta você ir a um CTA da sua cidade e realizar o teste "rápido de HIV", pois 05 meses é tempo mais do que suficiente para um resultado correto e definitivo PARA HIV.
Faça seu teste e ponha uma coisa na sua cabeça:

APENAS O TESTE ESPECÍFICO DE HIV PODE DIAGNOSTICAR A CONTAMINAÇÃO PELO VÍRUS!

cara disse...

Alexandre,

boa noite!

Gostaria de tirar uma dúvida com vc?

Vc sabe dizer se todos os tipos de risco (contaminação) devem seguir a mesma janela..explico: Li que para casos de picadas de agulha acidentais - percutaneas etc(profissionais da saúde) deve ser acompnahdo até seis meses..será algum motivo especial (pq fica na pele e demora para entrar no organismo???)..ou esses 6 meses são aquela regra geral já superada pelos testes atuais mais sensiveis..

abs

Força.

PS sou seu conterrâneo

Alexandre disse...

Cara, a janela imunológica é uma só para TODO TIPO DE EXPOSIÇÃO OU CONTATO COM O HIV. O que você citou são apenas "normas de segurança" em relação a exposição de profissionais de saúde.

Abs

cara disse...

Alexandre,

Obrigado epla resposta...mas fiquei com uma duvida (desculpe se estiver buscando).. enfim, o esta norma de segurança significaria que a janela nesse caso poderia ser maior? Digo isso, pois se a janela é inferior a 6 meses, para que se acomapnharia tanto tempo assim?

Aproveito estapostagem, para le perguntar uma questão que que não vejo consenso, e que me chamou atenção ao ler um post de outra pessoa aqui no seu blog que falou da posível contaminação ao ingerir um pedaço de carne contendo sangue de quem a cortou etc ..sabe quanto tempo o virus sobrevive no ambiente externo , exposto ao ar etc

grato..

abs

Alexandre disse...

Cara, normas de segurança é igual A PRECAUÇÃO, apenas isso. Um exemplo bem simples: Eu em 1997 descobri que tinha hiv e sífilis, iniciei o tratamento do hiv e também da sífilis, este bem simples e rápido. Logo me "curei" da sífilis e de lá para cá, toda vez que faço meus exames "periódicos de 3 em 3 meses", também peço para meu médico incluir "sempre" o exame de sífilis. Por que?
Precaução, apenas isso. Até porque precaução não faz mal nenhum!
Sobre esse post (que eu não me lembro), esse tipo de pergunta é "procurar pelo em ovo", como dia um amigo meu.
Em segundos o vírus HIV se torna INATIVO!

Abs

Anônimo disse...

Prezado Alexandre!
Antes de tudo, quero parabenizá-lo pela sua coragem, pelo seu desprendimento de ajudar as pessoas e principalmente, pela sua vontade de viver! Que Deus continue lhe abençoando!

Gostaria de fazer aqui, um breve relato sobre a situação que passei recentemente.

Há pouco mais de 5 ou 6 anos, começou a aparecer em minhas pernas, alguns rach's, umas espécies de espinhas, que eu alguns casos, inflamavam bastante. Nunca procurei um médico (um grande erro), pois sempre tive receio de fazer exames mais aprofundados, como o HIV, por exemplo. Esse medo era justificável, pelo fato de que transei algumas vezes com algumas namoradas sem me prevenir.

A questão é que, há pouco mais de 01 mês, as lesões passaram a se espalhar por várias partes do meu corpo, no tórax, pescoço, nariz, como se fossem umas espinhas, que ao sarar, deixaram umas marcas feias na minha pele. Minha preocupação se dava mais ainda, pelo fato de ter surgido pela 3ª vez em meu pênis, uma coceira, que se transforma em uma pequena lesão.Daí, em contato com internet, me DESESPEREI. Passei a imaginar 1001 coisas. E a primeira deles é que eu tinha HIV, e que estas manchas, era sinal da fase aguda do mesmo. Sem saber mais o que fazer, decidí procurar um médico. Cheguei ao consultório do mesmo, sem saber direito nem o que dizer, assombrado com a possibilidade de descobrir que realmente era portador do vírus da AIDS, tão temido por todos. A médica me recebeu e se impressionou com o meu nervosismo, mas tratou de me acalmar. Deu uma rápida analisada nos meus braços, tórax e segundo a avaliação dela, poderia ser furúnculo ou até mesmo sífilis, que pode provocar essas manchas na pele também, haja visto que apareceu no pênis tb uma lesão.
Daí, veio o pior. Ela mandou que eu fizesse um TESTE RÁPIDO para HIV 1 e 2. Nossa! Imagine como fiquei nervoso nessa hora. E a angústia em aguardar o exame foi ainda pior. Quando recebí, depois de 2 horas, não tive coragem nem de abrir. Fui direto ao consultório e ao ver o exame ela me disse: "PRONTO, SEU EXAME PARA HIV DEU NEGATIVO, voce não tem HIV. Vou lhe encaminhar ao Dermatologista para investigar e diagnosticar com maior precisão o seu problema." Ufa, que alívio. Pelo menos a priori.

Procurei uma médica dermatologista e apresentei o exame de AIDS e a já descartou algo associado à HIV. Ela me examinou e disse que iria passar um exame VDRL (sífilis) e me passou uma pomada CLOB-X (que não percebí muito resultado na utiização) e mais 05 comprimidos de AZITROMICINA para tomar. Me disse que levasse o exame no meu retorno em 15 dias, pois se caso fosse diagnosticado sífilis, iríamos tratar, mas que não se preocupasse que não era nada grave.

Só ainda estou preocupado porque, após ter tomado já 4 dos 5 comprimidos receitados, não observei nenhuma melhora no meu quadro, pelo contrário, apareceram outras lesões. Tenho medo de estar em um estágio muito avançado de sífilis.

Alexandre disse...

Anônimo, vamos ser sinceros e realistas?
Você mesmo cita que "demorou demais para procurar um médico", mas finalmente fez o que deveria ter feito a 6 anos atrás. Portanto agora é seguir as orientações e os tratamentos prescritos pela MÉDICA, aguardar o retorno, ter paciência e dedicação para se livrar do que for diagnosticado e sem ficar "imaginando" isso ou aquilo. Independente do que for constatado não é de uma hora para outra que os sintomas somem.
Dedique-se e aguarde a consulta!

Anônimo disse...

pois é caro Alexandre!
Só me resta agora aguardar o resultado do exame de VDRL e ver o que a minha médica vai aconselhar.

Tenho medo de não conseguir me curar, caso seja constatada a Sífilis. Voce conseguiu se curar completamente? Qual foi o tratamento?

Alexandre disse...

Anônimo, o que você precisava fazer foi feito, agora é aguardar o diagnóstico e as orientações da sua MÉDICA.
A sífilis tem CURA, o tratamento é muito simples e, sim, eu me curei da completamente.

Anônimo disse...

Grande Alexandre!

Olha eu aqui mais uma vez amigo! É que a angústia e o desespero tem batido na minha porta quase todos os dias. Sou o anônimo da últimas postagens deste tópico.

Como lhe falei, fiz um exame de VDRL e o mesmo deu NÃO REAGENTE. Como moro em uma cidade pequena, a médica dermatologista é de fora e só atende aqui de mÊs em mês. Como ainda estou sentindo uns sintomas estranhos, resolví procurar um PSF e falei com um Clínico Geral, que me examinou e que só tinha dois diagnósticos para mim: ou uma micose provocada por um animal de estimação ou sífilis. Sobre este último, recebí um exame há 5 dias e o mostrei e ele me disse q o exame não acusou sífilis. Eu falei para ele que eu estava com umas manchas no pênis e daí ele passou novamente o exame de VDRL qualitativo e quantitativo. Conversando com um Bioquímico amigo meu, ele me aconselhou fazer um FTABS também, pois era específico para SÍFILIS.

Alexandre, sei que voce não é médico, mas encontro em voce um apoio.

Como falei, meu exame de HIV deu negativo, o de sifilis tb ,mas tô sentindo umas coisas estranhas. Sentí um incômodo na garganta por uns 3 dias, dor de cabeça e minha pele, principalmente nos braços e no tórax estão cheios de carocinhos como se fossem espinhas e estou desesperado. A gente fica lendo cada coisa na internet... se eu to com uma infecção no penis, certamete eu estou com alguma DST. Estou desesperado cara! Amanhã vou retornar ao médico.

To numa situação tão difícil, que já tô ate torcendo que seja só sífilis, que como voce disse é mais fácil de curar.

SÓ RESTA CONFIAR EM DEUS!

Alexandre disse...

Oi anônimo. O que eu "como leigo" poderia comentar já o fiz. Entendo a sua preocupação mas não adianta você entrar em desespero sem que "exista uma razão COMPROVADA para isso".

Algumas hipóteses inclusive até já foram descartadas POR MÉDICOS E EXAMES, portanto é nelas QUE SÃO REAIS, que você têm de acreditar, e não em achismos e suposições.

O que eu posso lhe sugerir é o seguinte:

1-Saia da net, pare de pesquisar doenças pois a cada uma que você encontra, vai achar que "é essa que tenho". A net é excelente fonte de "INFORMAÇÃO", apenas isso. Diagnóstico somente é POSSÍVEL NO MUNDO REAL E ATRAVÉS DE MÉDICOS, TESTES E EXAMES!

2-Amanhã na presença do médico, peça-lhe que ouça TUDO o que você tem a dizer e as suas preocupações. Faça exatamente como fez aqui, ou seja, conte TUDO com detalhes e sem omitir nada. PARTICIPE ATIVAMENTE DA CONSULTA e não fique apenas balançando a cabeça e calado...PERGUNTE, PEÇA ORIENTAÇÃO, OPINIÃO E ESCLARECIMENTO PARA TUDO QUE LHE AFLIGE.

3-Caso você não sinta segurança no médico, corra atrás de um especialista para poder obter todas as respostas que necessita, ou peça/exija que seu médico o encaminhe para um UROLOGISTA/INFECTOLOGISTA.

É o que posso dizer!

Anônimo disse...

Olá, Alexandre, meu nome é Junior achei seu blog sensacional. Gostaria que voce me ajudasse a tirar algumas dúvidas.
Meu tio faleceu no dia 29/05/2011, ele tinha 65 anos e foi internado no dia 27/05/2011 pela manhã com uma pneumonia. Quando fui pegar a declaração de óbito para fazer a liberação do corpo, fiquei muito surpreso com o que vi. O médico colocou a causa mortis da seguinte maneira, caquexia, aids, depressão unipolar. Como disse antes fiquei surpreso, pois nunca soube que ele era soropositivo, portanto ele nunca quis divulgar isso para ninguem. Pergunta : de acordo com o código de ética o médico poderia declarar o óbito desta maneira ???
Eu posso denuncia-lo ao CRM ???
Fui ao hospital questionar o porque nós da familia nunca o vimos tomar medicamentos, eles me disseram que ele era portador do hiv mas nunca precisou utilizar os anti retrovirais, somente agora é que estava sendo avaliada esta possibilidade.
Aguardo retorno,
Abraços

Alexandre disse...

Olá Anônimo. Bem, você sabe que eu não sou médico, portanto não sou a pessoa mais indicada para lhe dar respostas corretas sobre conduta e ética médica. Pelo pouco que leio em relação a este assunto, "eu" tenho entendido que o atestado de óbito deve constar o que efetivamente causou a morte de uma pessoa, e no caso do seu tio a aids "poderia" ser a causa principal por "ter se manifestado e provocado o aparecimento de doenças oportunistas e, em consequêcia destas o terem levado ao óbito. Claro que é somente uma opinião totalmente leiga, por isso eu lhe peço que entre em contato com um profissional que tenha pleno conhecimento e que possa avaliar corretamente o assunto.
O que me causa surpresa, é o fato que você citou sobre seu tio não estar fazendo tratamento com os antirretrovirais (anti-hiv), ou seja, se ele não precisava da medicação, então não tinha desenvolvido a AIDS e portanto, a mesma não teria sido a causa do seu falecimento.
Se você e sua família querem levar adiante, investiguem todo o ocorrido e se orientem com um advogado para não correrem o risco de serem acusados de fazer uma denúncia injusta, pois isso poderia dar "armas" para que vocês fossem processados por calúnia/difamação/danos morais, etc.
É uma decisão que somente vocês podem tomar, e como você sabe, "aqui" a corda sempre arrebenta p/ lado mais fraco, portanto "busquem" provas incontestáveis, ok?

Abs

Anônimo disse...

Alexandre,
muito obrigado pelas orientações.
Mais uma vez parabéns pelo blog.
Eu fui ao hospital buscar informações, e o que me passaram é que ele realmente nunca tinha desenvolvido a aids, mas que no momento em que ele adquiriu a pneumonia ela(aids)se manifestou de uma maneira rápida e fatal, aliada a uma limitação respiratória por ele ter sido fumante durante 41 anos da sua vida e tambem a um quadro depressivo.

Abraços,
Junior

Anônimo disse...

Ola Alexandre, tudo joia???
Estou muito desesperado com o que esta acontecendo comigo... Minha vida virou de cabeça para baixo em questão de dias. Estou angustiado, deprimido, não durmo e nem como direito.

Dia 14/06/11 fui doar sangue, no dia 16/06/11, dois dias depois via internet e com uma senha, vejo a informação que devo comparecer ao centro de coleta para prestar novas informações e uma possível nova coleta para finalizarem os exames. Fiquei desesperado com isso e já imaginando que estou com HIV... Minha ultima doação foi em 13/12/2010 ou seja, 06 meses atras e deu tudo Ok.

Apavorado, em 18/6/2011 procurei um CTA e fiz dois testes rapidos para HIV: Rapid Check e o Bio Manguinhos. Ambos deram negativos, mas ainda sim to muito preocupado e angustiado...
Na entrevista de aconselhamento eu disse que minha ultima relação, sem preservativo com minha namorada, foi em 10/4/2011, ou seja, 68 dias atrás.
Esta foi minha ultima relação sexual com penetração neste ano, pois me separei da minha namorada. Te pergunto, esses testes rápidos já são confirmatórios para NÂO HIV em um prazo de 68 dias depois da ultima relação sexual???
A aconselhadora disse pra eu ficar tranquilo quanto ao HIV, ela até escreveu que eu não preciso mais repetir o exame pois se passaram 68 dias desde o ato sexual e que se fosse com menor tempo aí sim ela solcitaria outro exame num período maior pela possibilidade de falsos negativos na janela imunológica. Me disse também para aguardar os exames de hepatite e sífilis. Mesmo assim você acha que pode haver alguma chance nesta relação em 10/4/11 de eu ter me infectado com HIV e em 68 dias depois mesmo com dois testes rapidos negativos e uma aconselhadora experiente me dizendo que não há chances?
Você sabe de algum caso em que a pessoa fez testes rápidos depois de um período de aproximadamente 60 a 70 dias do ato inseguro e, que num outro exame futuro tenha apresentado teste positivo para HIV? 68 dias é uma janela segura para eu ter feito o exame?

Mas continuo muito tenso pois Em 10/05/2011 conheci e sai com uma garota, nos beijamos, ela me masturbou e eu coloquei meu dedo no anús dela. Não houve sexo com penetração e muito menos oral.
Em 30/5/2011, conheci outra garota, saimos e nos beijamos e ela me fez sexo oral duas vezes, sendo que cada vez durou em média 5 minutos e não houve penetração.

Pergunta: posso ter pego algum doença, em especial hiv, nesses encontros que tive em 10/5 e 30/5? Caso positivo, poderia ter dado um resultado falso negativo nos testes rápidos que fiz?

E quanto a doação de sangue, vc já ouviu, ou melhor conhece alguém que tivesse que refazer os exames de doação? Caso afirmativo, qual foi o resulatdo final, negativo ou positivo?

Por favor não deixe de responder pois estou muito aflito.
Li muita coisa na internet e quero acreditar nos artigos publicados que o sexo oral passivo que tive nâo me trouxe problemas bem como o dedo que coloquei no anus da garota.
Fiz os dois testes rápidos, deram não reagentes, mas ainda acho que estou infectado pela convocação de uma nova recoleta de sangue pela doação que fiz e isso me deprime muito pois sempre ouvi falar que os exames dos centros de doação são muito rigorosos.


Muito obrigado pela ajuda

Aguardo anciosamente a a sua resposta.

Alexandre disse...

Oi anônimo. Na luta sempre!

Pense junto comigo:

Conforme seu relato sua última relação sexual sem camisinha foi em 10/04, portanto você doou sangue e realizou testes de HIV no CTA após 68 dias da relação. Sendo assim e se você não "omitiu" nenhum detalhe importante, os testes NEGATIVOS PARA HIV comprovam que você NÃO tem o vírus.

Nas outras situações que você relata NÃO houve penetração sem camisinha: BEIJO, MASTURBAÇÃO E DEDADA, NÃO são situações de risco PARA HIV e, SEXO ORAL PASSIVO (QUE FAZEM EM VOCÊ) também NÃO é uma situação de risco PARA HIV, na realidade quem corre risco PARA HIV É QUE FAZ O ORAL. Portanto e mais uma vez SE VOCÊ NÃO OMITIU nenhum detalhe, poderia, repito, poderia haver chances de contaminação por OUTRAS DST no sexo oral E SE AS SUAS PARCEIRAS fossem portadoras de alguma, e mais uma vez SERIAM ELAS as que teriam corrido mais riscos.

Por enquanto você NÃO tem nenhum motivo para angustia ou desespero, pois NÃO há nada concreto e nem real que indique que você tem algo, "a não ser as suas hipóteses, suposições e achismos". REAL MESMO você tem os resultados dos testes DE HIV e as palavras da corretas da aconselhadora.

Você só tem essas maneira CONCRETAS para acabar com suas preocupações:

1-Fazer uma nova coleta como foi solicitado pelo banco de sangue, pois NÃO FOI INFORMADO NENHUM RESULTADO, portanto não há como saber as razões dessa nova solicitação. Isso você só saberá quando voltar ao hemocentro.

2-Aguardar TODOS os resultados das OUTRAS DST para saber concretamente se foi constatada alguma, pois para HIV o seu teste do hemocentro deve confirmar o resultado dos testes realizados no CTA, REPITO: SE VOCÊ NÃO OMITIU NADA!

Ficar achando isso ou aquilo não resolve e não adianta absolutamente nada, na verdade somente coloca "coisas" na sua cabeça, e pior, sem comprovação de absolutamente nada de concreto e real.

Anônimo disse...

Alexandre, a fase aguda quando vem é contínua, ou sintomas podem ir e voltar, tive relação desprotegida e, desde então já li muito a respeito, acho que estou meio paranóico. meço minha temperatura a maior que deu foi 36,9, pensava que estava com febre, pelo que li não é febre. Ocorre que na terceira semana tive uns incomodos na articulação e na quarta dores musculares, estas vieram e foram diminuindo, mas domingo passado acordei com mais dores, hj estão leves (13 dias de dor muscular, ela veio depois dos incomodos na articulação). Isso pode ser sintoma da fase aguda ?
Sim as dores são difusas, as vezes na coxa, depois na perna, depois no braço ? não paro de pensar nisso. Obrigado antecipadamente.

Alexandre disse...

Anônimo, se você leu a matéria acima verificou que fase aguda NÃO é uma regra, inclusive "eu" nunca a tive. NENHUM sintoma é capaz de diagnosticar a infecção PELO HIV, portanto se você acha que correu risco, FAÇA O TESTE DE HIV E TAMBÉM PARA OUTRAS DST, ou procure um especialista para ter as orientações, respostas e diagnósticos corretos, só assim você acabará defintivamente com suas dúvidas e preocupações!

Abs

Anônimo disse...

Alexandre, sou o anônimo acima, sei que não tenm como saber, por tudo o que eu li. Mas pela sua experiência do que vc já viu isso pode ser quadro de contaminação pelo HIV? estou esperando um prazo maior e a coragem para realizar fico imaginando abrindo o exame , dá um medo. valeu

Alexandre disse...

Anônimo, NENHUM desses supostos sintomas que você relata indicam uma infecção pelo HIV. Não tem outro jeito de saber, a não ser realizando o teste ESPECÍFICO DE HIV, como você já sabe. Faça e acabe com a dúvida!

Anônimo disse...

Muito obrigado pela velocidade na resposta, é que moro longe da cidade da minha fam´lia, nunca passei por isto, e estou esperando ir para casa para fazer os exames, pq se acontecer estarei próximo deles. Mas é muito ruim essa angústia, já li todos os sites a respeito.

Alexandre disse...

Vou lhe dar uma sugestão: Pare de ler sites/blogs/jornais/revistas, etc a respeito do assunto, isso não adianta nada e você TUDO que for lendo vai achar que está com hiv. Se puder consulte um especialista para ter as respostas corretas sobre HIV E DST, ok?

Abs

Anônimo disse...

Valeu cara, sim, perguntei a garota se ela tinha, e ela disse que não, mas já li que muitas pessoas tem e não sabem, mas vou seguir o seu conselho, vou parar de ler e esperar para fazer o exame. Sim qual o esécialista que deve procurar?
Obrigado e Deus te abençoe

Alexandre disse...

Um UROLOGISTA lhe dará todas as respostas e procedimentos necessários.

Abs

Anônimo disse...

Oi Alexandre,
Tenho sempre visitado seu blog e gostaria de uma palavra sua.
Tive um relacionamento sem proteção a quatro anos atras e atualmente vivo em crise de depressão por achar que estou contaminada, sei que o certo seria eu fazer o exame mas me falta coragem,ja tentei duas vezes, mas quando chego no balcão me desespero e vou embora,isso começou pq a um mes atras peguei um resfriado, com tosse e depois apareceram tres aftas em minha boca, mas não tive febre, fiz varios exames de sangue , urina e fezes e todos deram normais sem alterações morfologicas,não sei o que acontece ,mas vivo pelos cantos chorando , não consigo trabalhar e nem cuidar de minha filha e tudo que acontece comigo eu acho que estou doente devido a infeccção.
Não sei o que fazer pois ja constitui outra familia e tenho muito medo de ter contaminado meu esposo.
Me ajude por favor

Alexandre disse...

Anônima, se você parar para refletir, o que você precisa não é de uma palavra minha, mas da sua "própria palavra seguida de atitudes".
Você está "usando" algo que você não tem ou nem sabe que tem, para justificar seus problemas emocionais, e NÃO quer se livrar dessa dúvida, a qual sendo respondida, "supostamente acabaria com sua aflição".
Por que você não toma uma atitude simples e acaba com isso?
Bem, a resposta só você sabe e tem duas escolhas....

Continuar dessa maneira e "perder sua família, sua paz, sua vida" ou fazer o teste de hiv e em minutos TER A SUA PAZ, A SUA FAMÍLIA E A SUA VIDA DE VOLTA!

O que é mais importante para você?
A escolha é sua!

Abs

Anônimo disse...

Muito legal o seu blogue! Cara, to na duvida e com medo do exame. Estou com giardiase. Fiz um teste tem um ano e nao tive nada. Acontece que agora apareceram duas manchas vermelhas na minha mão, de uns 05 cm, to achando ser Sarcoma de Kaposi. Será? Faço o exame amanhã. O que vc acha? É comum?
Rafael Melo

Alexandre disse...

Rafael, giardíase é causada por um "parasita", portanto nada tem a ver com HIV. Sarcoma de kaposi é um "câncer" que se desenvolve quando uma pessoa está com AIDS em estágio avançadíssimo, e eu lhe garanto que se você tivesse Sarcoma, nem teria forças para teclar.
Atualmente o Sarcoma não é mais comum, pois o mesmo era comum na época que não haviam os antirretrovirais.
Ao invés de "achar isso ou aquilo", lembre-se de quando você teve sua "ultima" relação sexual SEM CAMISINHA, e faça o TESTE DE HIV para ter sua resposta, pois essa é a única maneira de saber. Nos CTA's é gratuito, sigiloso, seguro, confiável e se estiver disponível o teste rápido, você terá sua resposta em minutos, e também poderá realizar testes e exames para as outras DST.

G.R disse...

OLá Alexandre! de ante mão venho parabenizar-lhe pelo excelente blog.
Segundo venho relatar uma situação ocorrida comigo, e gostaria que você me orientasse de alguma forma.
Sendo que no dia 27/04/2011, tive uma relação, extra conjugal, com preservativo, infelizmente que no final da relação e por um espaço curto de tempo, não usamos o preservativo.
Após dois meses, ou seja, no dia 28/06/2011, minha noiva apresentou um quadro de garganta inflamada bastante grave, e febre.
Já comigo aconteceu, mais ou menos por volta do dia 15;07/2011, umas dores na barriga, tive uma gripe de dois dias, uma pequena diarréia. Por fim, atualmente, ou seja, depois de 3 meses da relação sem o preservativo, eu e minha noiva estamos com quadro parecidos de sintomas, como a garganta um pouco inflamada, um desconforto na barriga, como se fossem gases, e um estado parecido com o febril, mas não chega a ser febre, além de dores de cabeça.
Sei bem que você não é medico, mas devido ao alto grau de conhecimento sobre o assunto, gostaria de saber se esses sintomas tratariam da fase aguda? Ou se tem alguma coisa relacionada com o virus do HIV?
Desde já muito obrigado e que continue sempre prestando esse serviço social, que será bem agraciado na sua vida, abraços...

Alexandre disse...

G.R., nenhum desse sintomas são "específicos/exclusivos" da infecção pelo HIV e podem ser causados por diversas doenças. Só existe uma maneira para você e sua noiva saberem se adquiriram o HIV OU OUTRAS DST:

Você deve marcar uma consulta com um urologista, relatar tudo sem omitir nada e seguir suas orientações. Sua noiva da mesma forma e com um(a) ginecologista.

Nenhuma outra maneira lhe dará as respostas concretas, corretas e especializadas.

Abraços

Anônimo disse...

Alexandre, boa noite. Tive uma situacao de risco aqui em Bogotá onde fui vitima de escopolamina. E nao lembro o que se passou comigo. Fui roubado e tambem depois passei a apresentar o sintoma de balanite no penis. Até agora apresento esse sintoma. Já fiz dois testes anti hiv pos 13 dias e pos 63 dias: ambos negativos. Estou nesse momento apresentando sintomas de dores no corpo: pernas e bracos e tambem na regiao do abdomen e costas. Pergunta: estou livre de ter tido uma contaminacao por HIV? Obrigado

Alexandre disse...

Anônimo, nenhum desses sintomas que você relata são específicos da contaminação pelo HIV, e os testes que você já realizou comprovam que você não tem o vírus, inclusive porque você nem mesmo sabe se correu algum risco.
Marque uma consulta com um urologista ou um infectologista, relate tudo sem omitir nada e ouça a resposta especializada para acabar de vez com sua preocupação.

Abs

Anônimo disse...

Oi alexandre...meu caso é meu confuso mais vou exolicar p vc...fui em uma esteticista conhecida na minha cidade,tava com um pelo encravado no seio ai ela pegou uma agulha descartavel p tirar o pelo.ai depois ela pegou um pinça de sobrancelha que ela disse que estava esterilizada e tirou o pelo...depois de quase 1 mes tive gripe com cataro preso na gaganta que tá até hj 1 mes mais ou menos e dor na garganta será que peguei hiv?to com muito medo,,será que ela fez isso comigo de má fé...me responda meu querido...

Alexandre disse...

Anônima, nessa situação que você relatou as chances de contaminação pelo HIV são muito remotas, e seriam (SERIAM) bem maiores para contaminação por HEPATITES, até porque o vírus da hepatite é "100 vezes mais contagioso que o hiv".
Porém só existe uma maneira de você acabar com sua dúvida e medo: Procurando um especialista para analisar sua situação, ou até indo a um CTA para realizar os testes de HIV/HEPATITES para descartar tais possibilidades, sendo os mesmo gratuitos, seguros, eficazes e sigilosos.

Anônimo disse...

Alexandre, fui buscar meu resultado do Anti-HIV Elisa 1/2 que fiz e fui convocado a colher uma 2ª amostra. Estou contaminado? Porque isso acontece? Estou desesperado...

Alexandre disse...

Anônimo, nem eu e nem ninguém tem como lhe dar uma resposta, e "apenas o laboratório" que você fez o teste é que sabe porque é necessária essa nova coleta. Inclusive os motivos pode ser vários, mas repito, somente o laboratório tem conhecimento do que ocorreu. Faça a nova coleta e aguarde o resultado com calma para finalmente ter a resposta correta e definitiva.

Luciano disse...

Alexandre, primeiramente parabens pelo blog... dá uma lição de vida e conhecimento.

Fiz meu primeiro teste de HIV (todos ELisa 4ª geração) dia 23/04, duas semanas após ter febre, suor noturno, sinusite e diarréia durante uma semana. Dia 30/04 tive um irritamento ocular fortíssimo como se fosse toxoplasmose, incluindo secura e dores nas articulações da mandibula, e dores nas canelas durante 1 dia apenas.

Dia 09/05 fiz mais um exame Elisa 4ª geração e dia 12/05 fiz um teste rapido no SUS, ambos deram negativo. Daí então começaram as fortes dores de cabeça, minha namorada teve sintomas similares com dores de cabeça menos intensas porém com tosse seca.

Hoje ainda sinto leves dores de cabeça, articulação do ombro debilitada (namorada tambem, com leve tosse) e meus olhos continuam irritados.

Acredita que o virus possa ter causas tão similares em pessoas diferentes? O Elisa 4ª já traria o resultado definitivo em 30 dias disse a infecto, porem até o momento nao identificamos o que é. Como voce já deve ter visto N sintomas das pessoas por aqui, arrisca alguma virose? Porque meu oftalmo qdo fui visitar pelas dores oculares e irritação disse que era conjuntivite hahah... é mole?

Vou refazer os exames acreditando que seja Hepatite C ou algo do genero. Fica meu post para os demais, minha dúvida e meus parabens para ti.

Luciano disse...

Nossa... parecidíssimo com seu caso G.R., tendo mais informações sobre seu caso por favor me comunique! Estou a dias em busca do que temos. Obrigado pelo espaço Alexandre, forte abraço!

Anônimo disse...

Alexandre, fiz sexo oral receptivo (fui chupado) sem camisinha, por um travesti GP e só depois percebi que ele possuia um piercing na língua. Quatro dias depois apresentei alguns sintomas da fase aguda do HIV e dezessete (17) dias após, apresentei no corpo do meu pênis, na pele por baixo do prepúscio, ou seja, quando o arregasso, uma pequena mancha vermelha, que ainda não identifiquei bem se trata-se de um machucado ou de uma ulceração proveniente da sífilis. Minhas perguntas são: Caso eu tenha contraído sífilis, é possível tê-la contraído e não ter contraído o vírus do HIV, caso o travesti também seja portador do mesmo? Essa ulceração, caso seja proveniente da sífilis, irá tornar-se uma ferida e depois irá desaparecer, correto? Quanto tempo em média dura esse processo? Abraços e desde já obrigado!

Alexandre disse...

Luciano, a resposta sobre HIV você já tem através dos testes de HIV realizados e também da palavra MÉDICA.

Peça para sua médica investigar TODAS AS OUTRAS DST e continue se orientando com a mesma, pois é a única que pode lhe dar TODAS as respostas corretas.

Abs

===============================================

Anônimo, "TODAS" as suas perguntas somente poderão ser respondidas corretamente quando você procurar UM(A) ESPECIALISTA para ser examinado pessoalmente, e através de teste/exames.

Nem você, nem eu, nem ninguém, e nem mesmo UM(A) MÉDICO PODE DIAGNOSTICÁ-LO NA INTERNET. Marque uma consulta que esta é a maneira correta de saber se tem algum problema de saúde.

Abs

Junior27 disse...

Seu site é algo que Nao tenho palavras pra descrever, a pouco tempo descobri estar positivo e tem sido muito difícil, como Nao pude me abrir procurei ajuda e sanar minhas duvidas e medo através da internet. Felizmente achei seu blog e tem me dado muita força! Leio quase que diariamente. Que deus abençoe a todos nos. :(

Alexandre disse...

Oi Junior, obrigado pelo carinho e pelas palavras de confiança. Espero continuar merecendo-as, e fique sempre a vontade quando quiser usar este espaço, ok?

Abração

Tonho disse...

Alexandre, é o Felipe.
Gostaria de sanar uma dúvida contigo, ulcerações muco-cutâneas é o quê? Pode ser candidiase peniana?
Tive no dia que acabei de tomar o PEP (30 dias dps do risco), é possível?
E a respeito da adenopatia, ela pode ser apenas 1 ganglio, pequeno, indolor, duro. A pergunta é porque reparei que tenho um, mas não sei desde quando.
MUITO OBRIGADO!

Alexandre disse...

Felipe, vou lhe responder pela "ULTIMA VEZ"...

ESSAS PERGUNTAS E "TODAS" AS SUAS DÚVIDAS DEVEM SER DIRIGIDAS AO MÉDICO QUE ESTÁ ACOMPANHANDO SEU TRATAMENTO!

Abs

eduardo disse...

Alexandre, parabens pelo blog!
Gostaria de saber se é possível a infecção aguda se manifestar 3 dias após o contato de risco. Pergunto isso pq 3 dias após uma relação de risco (sexo oral sem camisinha), acordei com dor de garganta durante uns 5 dias. Já se passaram 3 semanas e esse foi o único sintoma que tive. É possível apresentar sintomas tão rapidamente?
Obrigado.
Abraços

Alexandre disse...

Eduardo...Não!

Anônimo disse...

Parabéns pelo serviço prestado em seu Blog. Fique com Deus e continue com esse canal de comunicação.

Abraços,
Alison

Anônimo disse...

Olá alexandre.

post muito bom. mas por ignorancia minha, fiquei com uma dúvida...

A fase "Sintomatica inicial" vem depois da assintomatica, é isso? ou seja, não se confunde com a "aguda"...o que leva a crer que demore longo tempo para aparecer os sintomas correlatos a este periodo especifico da doença?

muito obrigado e fique com deus!

Alexandre disse...

Obrigado Alison.

Abraços.

===================================

Anônimo, peço que você leia a "matéria" novamente e sem pressa, pois sinceramente "eu" acredito que está muito claro, ok?

Agraços

Anônimo disse...

Bom dia alexandre!

Me chamo robson - POA

Tive um contato de risco à exatos 42 dias...

Fiz um exame de 4ª Geração com exatos 30 dias deu negativo.

Fiz um Rapid check com 31 dias negativo.

Esses exames são confiaveis?

Minha pergunta é por que sofro de espondilite anquilosante. E faço tratamento com imussupressor no Caso Etanercept emBrel... isso poderia alterar o resultado do exame ou posso ficar tranquilo.

Pois não entendi direito quem sofre de doenças cronicas é mais facil dar FAlso positivo ou Falso negativo.

Desde já agradeço

Alexandre disse...

Robson, "TODOS" os testes de HIV atuais são confiáveis, precisos e eficazes..."TODOS".

A sua doença NÃO interferiu no resultado do teste, e nos casos "RAROS", onde "pode ou não" haver interferência, o resultado "pode" ser FALSO POSITIVO, o que não é seu caso.

Essa é minha opinião TOTALMENTE LEIGA, portanto marque uma consulta com um(a) médico(a) especialista para ter as respostas concretas e corretas.

Abs

Anônimo disse...

Oi, tenho HIV a 5 anos, não tomo direito os remédio e estava ingerindo muita bebida alcólica. Peguei meu exame de CD4, meu CD4 é de 25 e a quantidade de vírus é de 33000, meu médico não sabe como estou de pé, agora faz uma semana que estou tomando o medicamento certinho, será que tenho chance de aumentar meu CD4 e diminuir a quantidade de vírus?
Ainda nã tenho nenhum sintoma, ano passado tive uma pneumonia dupla, mas curei com facilidade apesar da baixa imunidade.

Alexandre disse...

Anônimo, não há como lhe responder de forma diferente, até porque você já sabe, "inclusive pela palavra médica", que você está de pé por pura "sorte, ou melhor...CHANCE"...ou seja, apesar de ter feito tudo ao contrário do que deveria ter feito, você ainda TEM CHANCE DE SE RECUPERAR.

Não é uma crítica, é fato, é realidade, e se você der uma lida na postagem "EU E O HIV" (No menu ao lado), verá que eu anos atrás estava com um cd4 de apenas 12 e carga viral acima de 1.000.000, e consegui me recuperar TAMBÉM POR PURA SORTE/CHANCE!

A partir de agora inicie sua recuperação FAZENDO O TRATAMENTO CORRETAMENTE e tente se afastar de tudo aquilo que pode interferir no sucesso do mesmo, como por exemplo: DROGAS (Todas inclusive álcool, cigarro, etc). Alimente-se muito bem, evite excessos e escolha priorizar sua saúde, SUA VIDA!

Aos poucos você verá que vale a pena VOCÊ SE DAR ESSA CHANCE!

Manu disse...

Boa tarde Alexandre!
No final de 2007 (em Novembro) tive uma relação desprotegida. Entretanto terminamos a relação e em Fevereiro de 2008 resolvi fazer exames, incluindo anti HIV-1 e HIV-2, hepatite, VDRL, etc... e todos negativos. Entretanto, relacionei-me com outra pessoa e decidimos ter um filho. Engravidei em Junho de 2008 e fiz os primeiros exames pré-natal em Agosto de 2008 e Fevereiro de 2009, incluindo o teste HIV e deram negativo (o meu marido também fez e deu negativo). A minha questão é a seguinte: em conversa com uma amiga minha, ela disse que como o seu ex-namorado era soropositivo a médica dela mandou-lhe repetir os exames HIV durante 5 anos, porque o anticorpo pode não se ter "desenvolvido" ou "manifestado". É mesmo assim? Se o teste for feito após o período de janela (por exemplo, 6 meses), não é confiável? Não posso ficar tranquila?
Obrigada.
(Nota: gosto imenso do seu blog!)

Alexandre disse...

Boa tarde Manu. Peço que você raciocine junto comigo:

Em 2008 você realizou testes/exames para HIV E DST E TODOS "NEGATIVOS".

Novamente em 2008 e em fevereiro de 2009 você novamente os realizou junto com seu marido E TODOS NOVAMENTE "NEGATIVOS".

Perceba que tanto VOCÊ COMO SEU MARIDO ATÉ 2009 NÃO ERAM PORTADORES DE NENHUMA DOENÇA/VÍRUS, ISTO "COMPROVADO PELOS TESTES EXAMES REALIZADOS".

Se AMBOS não tinham absolutamente nada, fica claro que nem houve qualquer risco, até porque SE NÃO EXISTE A PRESENÇA DE "NADA", NÃO HÁ CONTAMINAÇÃO!

Se por acaso, você desconfia que após 2009 (últimos testes/exames realizados) você ou seu marido se colocaram EM RISCO, converse com ele e façam JUNTOS, todos os testes/exames novamente.

Quanto ao que "supostamente" sua amiga disse, é aquilo que sempre digo aqui...O TAL DO OUVI DIZER...e "eu" não acredito que uma médica tenha dado tal informação, acredito sim que, caso realmente sua amiga tenha conversado com uma médica, esta lhe deu informações corretas e a sua amiga INTERPRETOU E ENTENDEU ERRÔNEAMENTE.

"TODOS OS TESTE ATUAIS SÃO CONFIÁVEIS, EFICAZES E DÃO O DIAGNÓSTICO CORRETO, QUANDO A PESSOA REALIZA O TESTE OBEDECENDO A JANELA RECOMENDADA PELA CIÊNCIA E PELA MEDICINA"

Qualquer palavra "contrária a ciência/medicina", é OUVI DIZER sem fundamento.

Esta é minha visão de LEIGO, e se você NÃO se convence, não acredita e não consegue se sentir segura, não adianta ficar na net e ouvindo dizer na "procura de problemas. Marque uma consulta com um especialista e ouça a palavra MÉDICA ESPECIALIZADA para acabar com seus medos.

Raquel disse...

Você é ótimo, Alexandre. Me fez ver de maneira um pouco mais realista a questão da contaminação. De uma certa forma, corremos riscos o tempo inteiro, não só com o HIV, mas com qualquer outra doença...somos humanos. O que acredito ocorrer em casos em que ficamos paranoicos com a possibilidade de estarmos ou não contaminados é todo o estigma que acompanha o HIV. Até porque se fossemos ficar paranóicos com toda possibilidade de doença e todos os riscos que corremos não viveríamos mais. Agradeço sua lucidez e sua força na vida. É a terceira vez que passo por momentos de paranóias e, mesmo sabendo o quanto são irracionais, não consigo amenizar sua força. Suas palavras foram como pés no chão. Continue assim!

Alexandre disse...

Oi Raquel. Agradeço suas palavras e a confiança. Só uma sugestão: Todos nós estamos sujeitos também "as paranóias", e eu me atrevo a lhe dizer que a pessoa que "vive para paranóias", com toda a certeza NÃO VIVE PARA A VIDA......A ajuda de um(a) psicólogo(a) é o 1º passo para você se "curar delas", assim como parar de "procurar assuntos para alimentá-las" é outro passo importante...pense nisso!

Anônimo disse...

oi alexandre boa tarde . Gostaria que vc me tirasse uma duvida. Tive uma situacao de risco no inicio de marco e fiz teste cm 38 dias outro cm 65 e outro com 90 dias, todos com pesquisa de anti corpos para hiv 1-2 e de antigeno. Gostaria de saber se estou totalmente livre e se posso desencanar ou preciso fazer cm 120 dias?

Alexandre disse...

Oi. A sua dúvida já foi respondida PELOS 3 TESTES DE "HIV" COM RESULTADO "NEGATIVO".

Anônimo disse...

Olá, Alexandre!
Primeiramente, gostaria de agradecê-lo pela dedicação e carinho aplicados no seu blog. Seu trabalho é maravilhoso, e é gratificante saber que ainda existam pessoas como você, que despendem do tempo a cuidar de gente que nem conhece! Esta é uma grande demonstração de amor e altruísmo.

Eu gostaria de compartilhar a minha história, pois, embora saiba que somente o exame me tranquilizará, desabafar com você me fará bem!

Estive no exterior, em uma cidade bem fria (onde o tempo chegava próximo de 0º) e por lá, cerca de 12 dias atrás, pratiquei sexo oral desprotegido no pênis e no ânus de um rapaz e figurei como ativo no sexo anal, em uma relação homossexual. Eu usava preservativo que, no entanto, rompeu após um minuto de penetração. Imediatamente, interrompi a prática e terminei o encontro com uma masturbação.

No dia seguinte, começou meu sofrimento: minha boca estava tomada de aftas, que sararam em dois dias. Logo depois, no quarto dia, comecei a sentir uma dor de garganta insuportável. Regressei ao Brasil, já me sentindo mal e, ao ter contato com o tempo do Rio de Janeiro (40º) a suposta virose tomou conta e hoje estou com sintomas de uma gripe forte. Imagino que o meu risco seja pequeno, não?

Desde então, minha cabeça está a mil por hora. Não consigo trabalhar, dormir ou ter relações sexuais. Minha vida gira em torno do HIV, e eu não consigo mais suportar o estado em que me encontro. Meu único refúgio mesmo tem sido o seu site e suas tenras palavras.

Forte abraço.

Alexandre disse...

Anônimo, obrigado pelas palavras e pelo apoio. Eu só queria lhe deixar este comentário:

Não viva para o hiv, algo que você NÃO TEM, ou se preferir, algo que você NÃO SABE SE TEM. Viva em função da VIDA. Você já sabe o que deve fazer para acabar com sua preocupação. Então siga sua vida normalmente até obter as respostas definitivas a respeito do HIV E DAS DST (não esqueça delas), e também NUNCA MAIS DEIXE DE COLOCAR A CAMISINHA CORRETAMENTE, pois se assim o fizer ela não se rompe, ok?

Abs

Eduardo disse...

Bom dia, Alexandre.
Aqui é o anônimo do dia 19 mais uma vez (a propósito, me chamo Eduardo e tenho 25 anos).

Ainda não consigo reter o melhor dos meus dias, pois o medo, inconscientemente, tem me perseguido. Todos os sintomas da fase aguda estão se manifestando (agora estou com o tão falado "rash" e as "ínguas doloridas" na virilha). Hoje, completam dezoito dias desde o meu contato de risco e, antes de me testar, vou esperar completar um mês.

Termino esse depoimento compartilhando que, apesar do "inferno astral" que tenho vivido, este está sendo um período de grande crescimento. Voltei a me cuidar do meu corpo e espírito e, por meio da pesquisa que fiz (principalmente no seu blog), conheci muito sobre o HIV e, consequentemente, rompi muitos paradigmas. É óbvio que nunca tive preconceito voltado ao portador (o que seria uma idiotice sem tamanho), mas desconhecimento sobre a "VHIda" deste! Percebi que o HIV já não é uma sentença de morte, mas uma nova condição assumida por aquele que a porta, e isso é reconfortante!

Desejo voltar após o teste para compartilhar o resultado contigo, posso? Agradeço-lhe novamente por tudo. Você é demais!

Um abraço. Eduardo.

Alexandre disse...

Bom dia Eduardo. Todos os sintomas estão se manifestando "PORQUE VOCÊ ACHA" que são causados pela infecção pelo hiv. Ou seja, você está se AUTO DIAGNOSTICANDO baseado em "NENHUM FUNDAMENTO", apenas em pesquisas, ouvi dizer e interpretações errôneas do que tem acessado e lido na net.

Por que você ainda não marcou uma consulta com um médico?

Imagino que você irá realizar o teste de hiv "POR CONTA PRÓPRIA" e sem acompanhamento médico. Então faça um favor a si mesmo, marque "já" uma consulta com um(a) especialista (UROLOGISTA OU INFECTOLOGISTA), conte tudo sem omitir nada e solicite que o(a) mesmo(a) o encaminhe para realizar os testes e exames TANTO PARA O HIV COMO PARA TODAS AS OUTRAS DST, e definitivamente acabar com todas as suas dúvidas. Não faça nada sozinho porque praticamente todas as pessoas que fazem isso NÃO ACREDITAM NOS RESULTADOS, ok?

Abs

Anônimo disse...

Oi, Alexandre.
Segui o seu conselho e me consultei com uma infectologista e realizei um exame de 4ª geração (analisava o antígeno p24) no 21º dia após o contato de risco.

Fiquei bastante tranquilo e voltei para mostrar os resultado negativo. Ela disse que o diagnóstico não era preciso, pois não cumpri um período de janela confiável.

Disse, portanto, que eu deveria repetir o exame com 45 dias para confirmar este resultado.

Mas você acha mesmo que 21 dias não seriam suficientes para mostrar uma possível infecção? Estou achando que ela foi terrorista (não muito tolerante com gays).

Desde já, agradeço pela atenção.
Eduardo

Alexandre disse...

Oi Eduardo. Vou lhe responder da seguinte forma:

"VOCÊ", com esse resultado "já está convencido que não tem hiv"?

Como já repeti aqui inúmeras vezes, quando o assunto é HIV, AIDS E DST..."NÃO SE PODE ACHAR, MAS SIM TER CERTEZA". Pense que a médica está apenas orientando você para realizar um teste com mais "tempo"...: PARA SUA TOTAL SEGURANÇA E ABSOLUTA CERTEZA QUE VOCÊ NÃO FOI INFECTADO "PELO HIV".

Não devia, mas vou lhe dar um pequeno exemplo: "EU" quando descobri o hiv em 1997, também estava infectado pela SÍFILIS. Desde então, "TODAS" as vezes que eu realizo meus exames de monitoramento do HIV, também faço o exame de SÍFILIS. Isso não se chama terrorismo, mas precaução, prevenção.

Você conversou com ela demoradamente sobre seus riscos, sobre HIV e DST, ou na consulta apenas ouviu e balançou a cabeça?

Sente-se novamente com a médica e fale exatamente como faz aqui, inclusive peça que ela lhe explique "por que" na sua opinião ESPECIALIZADA é necessário novo teste. Lhe garanto que você ficará mais tranquilo com suas opiniões.

Abs

Anônimo disse...

Muito obrigado, Alexandre!
Eu não devo voltar ao consultório dela, pois não me senti muito bem tratado. Vou me consultar no CTA mesmo.
Mas só esclarecendo: 21 dias já costuma ser o suficiente para o teste de 4a geração detectar algo, não?
Um abraço. Edu

Alexandre disse...

Eduardo, a minha "VISÃO DE LEIGO":

"Se a pessoa teve a ULTIMA relação de risco a 21 dias, e NÃO TEVE NESSE PERÍODO outra situação de risco, "geralmente o TESTE DE 4ª GERAÇÃO já é capaz de dar um resultado correto PARA O HIV. E repito: NÃO esqueça das outras DST"

Lembrando sempre que é uma visão somente LEIGA e que NUNCA pode ser substituída pela OPINIÃO MÉDICA ESPECIALIZADA!

Abs

Anônimo disse...

Bom dia alexandre!! Por favor, me ajude.. sou soropositivo e estava em uso de árvore. Parei por conta própria e tive neurotoxoplasmose. Meu cd4 caiu de 600árvore para menos de 200árvore em um mes sem medicação. Tratei a neurotoxoplasmose e voltei a usar osos antivirais mas estou muitoenfraquscidi. De manha mal consigo levantar dá cama. Voltei a usar os antivirais tem pouco mais de um mes. Sera q vou melhorar? Estou tao depressivo e sem esperança. Glaucio

Alexandre disse...

Bom dia Glaucio. Se você der uma lida na postagem "EU E O HIV" (acesse no menu do lado direito), verá que "eu" também cometi esse erro e interrompi o tratamento por conta própria. No meu caso o meu cd4 praticamente zerou, ficou em apenas "12" e tive várias doenças oportunistas (isso foi em 1998).

Porém, voltei a fazer o tratamento corretamente, nunca mais interrompi, me livrei das oportunistas, recuperei meu peso, meus cabelos e principalmente a minha saúde, que estava debilitadíssima.

Tenha paciência, se dedique, tenha força de vontade, alimente-se, faça seu tratamento sem desistir dele, e procure ajuda psicológica para COMBATER ESSA DEPRESSÃO, pois ela sim é uma grande inimiga de quem tem hiv, e certamente por influência da mesma, "eu e você" cometemos este erro, então lute contra ela, ok?

Como você percebeu, "eu" me recuperei e hoje tenho cd4 variando entre 600/800 e carga viral INDETECTÁVEL a vários anos, portanto com certeza "você também vai se recuperar".

Abraços

Anônimo disse...

Obrigado sigilo! Essas sua mensagem me deu esperanças para nao desistir. Fique com deus. Glaucio

Anônimo disse...

Boa noite, meu nome é Marcelo, tive uma relação desprotegida com uma menina e depois de 4 à 5 semanas apresentei dor d garganta com 38,5 graus d febre e dor d cabeça. Comecei a tomar amoxilina e minha febre e dor d garganta desapareceu em 3 dias pode ser fase aguda do hiv?! Não apresentei nenhum outro simtoma.
Grato.

Alexandre disse...

Bom dia Marcelo. Espero que você tenha tomado esta medicação por indicação e prescrição MÉDICA. Você teve uma relação sexual sem camisinha e sabe que "sem proteção" AMBOS poderiam...repito...PODERIAM transmitir UM AO OUTRO E VICE VERSA, alguma doença/vírus SE um ou os dois fossem portadores de alguma. Portanto só existe uma maneira de você saber se ocorreu algo nesta relação, que é marcar uma consulta com um (a) médico(a) (urologista ou infectologista), relatar tudo sob orientação deste(a) profissional realizar testes e exames para HIV E DST. Faça isso!

Anônimo disse...

oi alexandre, eu tive um breve relacionamento de quase anos onde numca foi usado camisinha, agora depois de 6 meses do fim do relacionamento, tive uma fase de depressão,emagreci,tive gripe e um pouco de febre, fiz meu primeiro de teste de hiv onde deu positivo, me chamaram no dia seguinte pra fazerum segundo teste onde tbm deu positivo, fui encaminhado pra um setor expecializado sus onde tratam mais a fundo isso, novos testes serão feitos,quantos forem necessarios, mas estou com muito medo, seria possivel um novoteste em 30 dias ter um novo resultado e dar negativo? ja que tbm fiz teste pra hepatite c e tbm deu positivo,uma coisa poderia influenciar no resultadoda outra??

Alexandre disse...

Oi. Procure um INFECTOLOGISTA para que o mesmo possa analisar seus testes realizados e acompanhar os que estará repetindo, "somente" este profissional poderá lhe dar as respostas corretas, e tirar todas as suas dúvidas de maneira concreta.

Anônimo disse...

ALEXANDRE, GOSTARIA DE SABER SE VC TEM INFORMAÇÃO A RESPEITO DA VENDA DE TESTES RÁPIDOS SÃO LEGALIZADOS.PROCUREI PELA INTERNET E ACHEI ALGUNS SITES OFERECENDO.MEU RECEIO É DE FAZER UM EXAME EM UM POSTO DE SAÚDE, E EVENTUALMENTE VENHA DAR REAGENTE O CONSTRANGIMENTO, E DIVULGAÇÃO, POIS VIVO EM CIDADE PEQUENA.AINDA QUE SEJA SIGILO MEDICO ISSO SE ESPALHA.
GRATO PELA AJUDA

Alexandre Gonçalves de Souza disse...

Anônimo, provavelmente só a partir de ABRIL os testes estarão legalizados para venda em farmácias, portanto a venda "neste momento" é de forma ilegal. Eu sugiro que você repense e faça seu teste em um CTA, pois é realizado de forma sigilosa, gratuita e no caso de "positivo", você terá apoio emocional que é importantíssimo para a pessoa "no caso de positivo". Pense...Vamos supor que você faça em casa e dê positivo......você tem idéia de qual será sua reação e o que acontecerá com seu emocional? Lhe garanto que você não tem idéia, ninguém tem, e nessas horas ficar sem um apoio pode ter consequências imprevisíveis.

Anônimo disse...

Alexandre por favor me responda atenciosamente Tiago

Alexandre Gonçalves de Souza disse...

Tiago, não adianta absolutamente nada você ficar fazendo perguntas na internet para "alimentar" o seu medo, que você mesmo sabe ser exagerado e sem fundamento". Portanto, procure um médico especialista, conte sua estória e ouça as respostas do único profissional que pode, deve e tem obrigação de lhe responder concreta e corretamente. "Achismos, suposições, exageros, hipóteses e bla bla bla de pseudos entendidos"...é só isso que você terá como resposta na internet.