"AS VACINAS PARA QUEM VIVE COM HIV/AIDS"


A pessoa que vive com HIV/AIDS deve ser avaliada por um médico(infectologista) antes de tomar qualquer vacina para se prevenir de doenças. Se estiverem com a imunidade muito baixa, não devem receber vacinas compostas por bactérias ou vírus vivos. Diversos estudos mostram que a resposta aos organismos invasores é menor em soropositivos com pouca concentração de linfócitos T CD4+, células de defesa do organismo. Por isso, normalmente os soropositivos sintomáticos não têm boa resposta às vacinas. Portanto, na tentativa de obter uma resposta imunológica ideal, todas as vacinas devem ser dadas no curso da infecção pelo HIV, o mais precocemente possível.

"Orientações para adultos"

• Vacina contra a bactéria causadora da pneumonia (pneumococo): A resposta é melhor na fase em que as células CD4+ estão acima de 350/mm3.

 Vacina contra hepatite B: Deve ser tomada somente quando indicada pelo médico. Indicações para usuários de drogas injetáveis, homossexuais sexualmente ativos, prostitutas, homens e mulheres com atividade sexual e doenças sexualmente transmissíveis ou mais de um parceiro sexual nos últimos seis meses e pessoas que vivem na mesma casa ou tiveram contato sexual com portadores da hepatite B.

 Vacina contra a bactéria causadora da meningite (Haemophilus influenzae tipo b): A resposta é mais eficiente nos estádios precoces da infecção pelo HIV.

 Vacina contra tétano-difteria: A recomendação geral é de uma dose de reforço a cada 10 anos.

 Vacina inativada contra o vírus causador da poliomielite: É preferível à vacina oral, no soropositivo e seus comunicantes próximos.

• Vacina contra a gripe A H1N1 (gripe suína): Deve ser tomada somente quando indicada pelo médico.

"Orientações para crianças"

As crianças menores de um ano, com suspeita de infecção pelo HIV ou com diagnóstico definitivo de infecção pelo HIV devem seguir orientação médica especializada.

FONTE : MINISTÉRIO DA SAÚDE

22 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia Alexandre,

Uma dúvida. Soropositivo podia tomar a vacina para H1N1?

obrigado

Alexandre disse...

Bom dia anônimo...podia não, "PODE" e deve..."eu" a tomei sem problema algum.

Abraços

Anônimo disse...

Oi boa noite, gostaria de saber quais as vacinas que uma pessoa que descobriu a mais ou menos quinze dias que estar com hiv? essa pessoa ja tomou as tres de doses de hept b, e esse ano ja venceu a de tetano, quanto aa de peneumonia, influenza, e menigite, ela pode tomar, seu cd4 é de 279, e uma carga viral de 119.000, e é assintomático, pode tomar todas ja ou dever esperar por algum tempo?

Alexandre disse...

Boa noite anônimo, as vacinas pra quem vive com HIV somente devem ser tomadas após uma avaliação completa da sua saúde 'no geral', feita pelo infectologista que acompanha o seu tratamento. Portanto sugiro que você agende uma consulta com o infecto que o acompanha ou aguarde uma provável consulta já agendada, pois nesta o médico lhe informará e orientará a respeito.
Não se precipite e nem tome vacina alguma sem prescrição médica, já que não há necessidade por ser portador do HIV e SEMPRE ANTES DE TOMAR QUALQUER MEDICAÇÃO, ORIENTE-SE ANTES COM SEU INFECTOLOGISTA, ok.

Abraços.

Anônimo disse...

SOU SORO POSITIVO COM CD4 DE 796 E O CV DE 35.000.
GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUM REMEDIO NATURAL QUE POSSA MANTER O MEU CD4 SEMPRE ACIMA.AGRADEÇO DESDE JA , HA E SOU FÃ DO SEU BLOG.

EDUARDO

Alexandre disse...

Oi Eduardo...vou ser muito sincero com você, eu tenho hiv a mais de 15 anos e nunca tomei nenhum remédio natural para aumentar o cd4, somente faço uso dos arv's desde o início.
Eu acredito que a melhor pessoa para lhe orientar e sugerir uma medicação natural, que tenha benefícios reais seja o seu infectologista, pois ninguém melhor que ele para saber se esta ou aquela substância lhe fará bem. E independente disso, acredite...uma vida saudável em todos os sentidos, alimentação, exercícios, lazer, estudo, trabalho, namoro e evitando álcool, fumo, drogas, etc., com toda a certeza manterá o seu cd4 lá em cima.

Abração

Anônimo disse...

olá gostaria de saber se tenho cd4 850 e carga viral indetectavel e se fizesse um teste hiv pedido pra ingressar num trabalho daria resultado positivo?

Alexandre disse...

Anônimo, como a medicação NÃO ERRADICA/MATA/ELIMINA O HIV do corpo/organismo, quem é soropositivo SEMPRE que fizer um teste de hiv terá o resultado POSITIVO. Lembrando que POR LEI, NINGUÉM, NENHUMA EMPRESA OU ÓRGÃO PODE OBRIGAR UMA PESSOA A SE TESTAR PARA ADMISSÃO!

Renato Vasconcellos disse...

Boa noite e antes de mais nada quero te parabenizar pelo trabalho feito nesse fórum. É simplesmente magnífico e principalmente pela sua iniciativa. Parabens.

Agora a dúvida. Por volta de umas 16 horas de sexta, a pessoa tomou 4 vacinas estando com CD4 acima de 350. Ela poderia ingerir álcool ou isso poderia lhe causar algum problema? Agradeço a atenção desde já.

Alexandre disse...

Boa noite Renato. Me desculpe mais eu não entendi a pergunta. Por favor seja mais claro, e "caso" eu saiba algo sobre o assunto lhe respondo.

Abs

Renato Vasconcellos disse...

Desculpa a demora, eu estava sem internet.

Então, minha duvida é se uma pessoa soropositiva, pode ingerir alcool normalmente?

Outra duvida é quanto as vacinas. Se no dia que a pessoa for vacinada, se ela pode ingerir bebida alcoolica normalmente ou se não puder no dia, quanto tempo depois da vacinação seria aconselhado beber?

Alexandre disse...

Renato, na minha visão LEIGA e como portador do hiv a mais de 15 anos, quem tem hiv não está "impedido" de ingerir bebida alcoólica. Dessa forma ela pode tomar seus "gorós socialmente", desde que seja LONGE da tomada da medicação antirretroviral. Mais ou menos assim: 2 horas antes da medicação e 2 horas após a medicação, para não "prejudicar o efeito das mesmas".

Eu mesmo tomo meus "gorós" de vez em quando usando essa "dica", e nunca surgiram trastornos.

É claro que uma pessoa "debilitada" deve evitar o álcool. E estando com a sua saúde no geral em condições normais, sem maiores problemas.

Na dúvida e para ter uma melhor explicação, converse com seu INFECTOLOGISTA a respeito, pois ele conhece todo o seu histórico de saúde e lhe dará a opinião especializada.

Para que não ocorra nenhum problema de "interação" entre a bebida e as vacinas, é aconselhável que a pessoa evite o álcool no dia das vacinações, mais ou menos assim: 24 antes e 24 horas após as vacinações, sem problemas. Aqui também o aconselhável é se orientar com um(a) médico a respeito de prováveis/eventuais problemas que possam ocorrer.

Anônimo disse...

estou apavorada porq vou ter q tiomar o biovir mais o efavirenz q segundo o medico pode dar pesadelos,visoes sono ou at;e insonia mas li mais tanta coisa ruim deste remedio q to c muito medo d tomar falava de suicidio e depressao ui ja tomo remedio p depressao vou ficar mais doidinha aiai q faco?//

Alexandre disse...

Oi. Antes de ficar apavorada preste atenção no que seu médico disse e veja que ele citou: PODE...repito...PODE, o que é totalmente diferente de VAI ACONTECER!

Se acalme e tenha medo sim, MAS DO HIV, ele é o inimigo!

E entre em contato com seu médico para lhe dizer exatamente o que você disse aqui, ou seja, o seu apavoramento e medo do que PODE ocorrer, e principalmente o informe que você está fazendo tratamento psiquiátrico e tomando antidepressivos. Caso ele saiba disso, peça que lhe esclareça e tire suas dúvidas sobre o assunto.

Com toda a certeza ele poderá alterar o esquema, "se for necessário".

Como sempre sugiro aqui para todos(as), converse muito com seu médico infectologista a respeito de tudo, e lembre-se que VOCÊ também vai decidir o que é melhor para, pois a SAÚDE, A VIDA É SUA, e "dialogando" com seu médico tudo fica mais fácil.

ESCORPIAO REI disse...

OLÁ ALEXANDRE GONÇALVES, BOM DIA!!!
TOMEI A PRIMEIRA DOSE DA VACINA CONTRA HEPATITE TIPO "B" E GOSTARIA DE SABER SE POSSO TOMAR MINHA CERVEJINHA NORMALMENTE.

PARABÉNS PELO BLOG E SUCESSO!!

OBRIGADO PELA INFORMAÇÃO

JOÃO ALBERTO

Alexandre disse...

João, vou passar à você a resposta que um médico me deu quando tomei essa vacina, e você tira suas conclusões:

"Recomendamos que a pessoa não tome bebidas alcoólicas após qualquer tipo de vacinação, porque o álcool pode alterar a imunidade desfavoravelmente e além disso, os efeitos colaterais da vacina podem ser mascarados ou exacerbados pelo álcool. É mais prudente esperar ao menos uma semana em abstinência alcoólica após a vacinação".

Anônimo disse...

Boa tarde,Gostei muiito de seu blog, andei lendo alguns relatos relatos e me identifiquei com alguns. descobri a mais ou menos um mes que estou com o virus HIV, ja realizei dois exames p confirmação. E minha proxima consulta e semana q vem. estou com muiito medo e muiitas duvidas. Medo de o que vira acontecer comigo daki p frente. E duvidas relativas ao meu dia a dia.

Alexandre disse...

Anônimo, o que posso lhe dizer é que "medo" todos nós temos, e não devemos nos envergonhar disso. Mas em relação ao hiv ficamos com mais medo quando nos deixamos levar pelo tal e irresponsável "ouvi dizer", e por tudo o que "envolve externamente" a epidemia, ou seja, os estígmas, os preconceitos, as discriminações, as hipocrisias, os julgamentos e tudo que já sabemos.

Mas, "esqueça, ignore, despreze" tudo isso e a partir de agora "informe-se" sobre tudo com seu médico, pois aos poucos você irá se sentir mais seguro, confiante e certo de que sua VIDA vai seguir adiante, até porque NEM MESMO O HIV É CAPAZ DE PRIVÁ-LO DE NADA!

Como sou intrometido mesmo rsrs, sabe o que vai acontecer com você daqui p/ frente?

Você, ou melhor, a sua VIDA vai seguir os rumos QUE VOCÊ DECIDIR, e nada e nem ninguém tem o poder de mudar isso......

SÓ VOCÊ TEM ESSE PODER PORQUE A VIDA É SUA!!!

Captou? rsrs

Abraços

Alemão Paulista disse...

oi Alexandre...em primeiro lugar quero parabenizá-lo pelo seu blog, parabéns.
Por favor se puder me esclarecer algumas dúvidas, ficarei imensamente grato...Sou professor da Rede municipal de SP, efetivo e há 5 anos averbei meu tempo de funcionário do estado como prof tbem, por ter infartado e não conseguir ficar nos 2 cargos, somando meu tempo não concomitante tenho 21 anos de magistério no Estado e na prefeitura tenho uns 6 anos. Mais 8 e 7 meses com registro em carteira, estou em tratamento psiquiátrico por depressão há 1 ano e de licença médica, já pedi minha readaptação e foi indeferida, por estar em licença...não sei mais o que faço, tenho gota e venho sofrendo c dores, fiz angioplastia, infartei, sou soropositivo em tratamento há 5 anos... os órgão competentes não tomam providência..por favor poderia me ajudar com esclarecimentos?

Alexandre Gonçalves de Souza disse...

Alemão, eu não sou advogado e não poderia lhe dar uma orientação correta, mas sugiro que você procure ajuda de um(a) advogado(a) especializado para ter essas orientações e para requerer os seus direitos, pois mesmo não tendo conhecimento para lhe orientar o seu relato e os problemas na sua saúde são mais do que suficientes para lhe garantir os direitos garantidos por lei, portanto "se" os órgãos competentes não os concedem à você, "na justiça" certamente serão obrigados a conceder.

tina torres disse...

B60 dia Alexandre, trabalho com animais , gato e cacchorro, preciso tomar sempre a vacina contra raiva, descubri a um mes que tenho HIV, no meu servico todos anualmente passam por exames pra ver se a imunidade esta baixa ou nao caso esteja eles exigem que tomamos a vacina contra raiva e outras, minha pergunta e atraves desse exame eles conseguem ver que tem HIV? Como tenho HIV ,corro algum risco de tomar a vacina contra raiva?

Alexandre Gonçalves de Souza disse...

Bom dia Tina. SE NÃO é realizado o teste/exame ESPECÍFICO DE HIV, não existe a possibilidade de saber se a pessoa tem ou não o vírus, pois SOMENTE O EXAME/TESTE ESPECÍFICO é capaz disso. Quanto a vacina, converse, pergunte e peça orientação ao seu MÉDICO INFECTOLOGISTA a respeito, só ele pode lhe dar essa resposta de maneira correta.