"Pacientes com HIV/Aids denunciam falta do antirretroviral - REYATAZ (SULFATO DE ATAZANAVIR) - em Pernambuco"


Nesta terça-feira (15/03/2016), o Portal FolhaPE recebeu denúncia de que um dos medicamentos usados no tratamento das pessoas que vivem com HIV/Aids - O REYATAZ (SULFATO DE ATAZANAVIR - está em falta há 15 dias no Hospital Correia Picanço, situado no bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o estoque do medicamento deve estar regularizado ainda esta semana na unidade de saúde.

Entretanto, "outros retrovirais também estão sem ser redistribuídos aos portadores do vírus em Pernambuco". De acordo com o advogado da ONG Gestos, João Rodolfo Lima, são vários os remédios em falta. "Não é só esse medicamento que está faltando". Tanto que estamos distribuindo aos pacientes um formulário para que eles preencham quando não receberem a medicação específica, afirmou. "Segundo o advogado, a instituição entra na Justiça individualmente para que as pessoas tenham acesso. O Ministério Público é o responsável por ações coletivas". O jurista explica, ainda, os riscos que essas pessoas correm ao não receberem a medicação.

"São vários riscos: O principal é que o organismo pode criar resistência ao tratamento, e quando isso ocorre as consequências podem ser estas, por exemplo: O vírus HIV volta a se multiplicar rapidamente no organismo diminuindo a imunidade do paciente e aumentando os riscos da pessoa contrair graves doenças oportunistas, ou seja, manifestar a AIDS".

Um comentário :

  1. Quando cheguei na unidade de saúde neste dia, que me disseram que estava em falta o remédio, cai em lágrimas quando cheguei em casa, já pensei logo na morte, nunca deixei de tomar os remédios, mas fiquei o fim de semana sem remédios, muito preocupante essa situação.

    ResponderExcluir