"Prevenção da transmissão da HEPATITE B da mãe para o filho"


Estudo publicado no The New England Journal of Medicine confirma que: "A terapia antiviral com tenofovir no final da gravidez pode resultar em uma redução de 3 vezes na transmissão da mãe, com alta carga viral, para filho (transmissão vertical) do vírus da hepatite B quando usado em combinação com imunoglobulina e a vacina da hepatite B no nascimento da criança".

No estudo foram incluídas 200 mães positivas para hepatite B e antígeno HBeAg com carga viral acima de 200.000 UI/ml. Divididas em dois grupos de 100 pacientes cada, um grupo recebeu tratamento com tenofovir após as 30 ou 32 semanas de gravidez e até quatro semanas após o parto e o segundo grupo somente teve os cuidados habituais da gravidez, sem medicamentos.

No momento do parto no grupo tratado com tenofovir 68% das mães tinha um nível de carga viral de menos de 200.000 UI/ml em comparação com somente 2% das mães sem tratamento algum. Após 28 semanas do parto, "a taxa de transmissão da mãe para o filho foi significativamente menor no grupo tratado com tenofovir, com 5% das crianças infectadas contra 18% das crianças cujas mães não receberam tratamento". Ao nascer todas as 200 crianças receberam imunoglobulina e a vacina da hepatite B, recebendo novas doses da vacina 30 e 180 dias depois do parto.

Concluem os autores que: "Em mães HBeAg-positivas com níveis de carga viral acima de 200.000 UI/ml no terceiro trimestre da gravidez, a taxa de transmissão da hepatite B da mãe para o filho foi menor entre aqueles que receberam a terapia com tenofovir".

Comentário do autor deste artigo, Carlos Varaldo:

Excelente notícia para as mulheres infectadas com hepatite B que desejam ter um filho. O resultado é tão importante que o diretor de Aids e Hepatites da OMS, Dr. Gottfried Hirnschall, diz que a nova descoberta mostra que: "Aa terapia antiviral com tenofovir terá um papel importante na eliminação da transmissão vertical da hepatite B, especialmente em mulheres com altos níveis de vírus e que a OMS irá atualizar suas diretrizes HBV em vista da evidência".

Nenhum comentário :

Postar um comentário